Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

''Clássico se ganha'', diz Hélio dos Anjos após vitória do Náutico sobre o Santa Cruz

Blog do Torcedor
Blog do Torcedor
Publicado em 18/04/2021 às 20:01
2a49968c-cc9a-4534-af43-208a74e32cca (1) FOTO:
Leitura:

''Clássico se ganha''. A declaração é do técnico do Náutico, Hélio dos Anjos, que viu seu time bater o Santa Cruz, por 2x1, no Clássico das Emoções deste domingo (18). Com o resultado, o Timbu manteve 100% de aproveitamento no Campeonato Pernambucano. São sete vitórias em sete jogos. O time se classificou de forma antecipada para a semifinal do estadual.

Questionado sobre uma queda de rendimento no segundo tempo, Hélio criticou a situação do campo dos Aflitos que ficou encharcado após uma manhã e início de tarde com chuva no Recife. "O time quando ganha como o Náutico está ganhando, se busca algo que tire o brilho. É preciso ter consciência que só foi possível ter algum jogo no primeiro tempo porque o campo não estava pisoteado, com lama. No segundo tempo, tivemos de jogar forte, defender bem, acho que erramos no gol (do Santa Cruz), poderíamos ter uma linha mais alta para jogar o jogador no impedimento e não fizemos. Daí, passamos a sofrer em função de um campo. Que passe por baixo entrou? Que condição o Jean Carlos conseguiu conduzir? O melhor é que estamos sendo letais. O Náutico no primeiro tempo em um clássico não já deixou o adversário totalmente batido? O adversário ainda teve mérito de acordo com a circunstância do campo. Gostaria que o jogo fosse no campo seco, num campo bom. Mas clássico se ganha e muitas vezes não se ganha jogando bem, mas jogamos bem, fomos letais, e isso me deixa feliz", afirmou o treinador.

O Santa Cruz saiu do primeiro tempo derrotado por 2x0, mas diminuiu com Léo Gaúcho. Mesmo sofrendo um gol, Hélio dos Anjos fez questão de defender a postura de seu setor defensivo na partida. "Será que nossa defesa se comportou mal com o campo pesado? Com o adversário fazendo ligação direta o tempo todo? O adversário também tem méritos, que às vezes se sobrepõem à qualidade de nossa defesa, do nosso jogo. Hoje, a nossa defesa foi muito forte no estilo de jogo proposto pelo Santa Cruz, um jogo de ligação direta, de segunda bola, de primeira bola. Mas terminou o jogo e nós ganhamos. Nossa defesa se sobrepôs ao ataque do adversário. Qual defesa que o Alex fez? A única bola no Alex foi indefensável, isso é mérito do sistema defensivo, que é o conjunto", comentou.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias