Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Mudanças na carreira, críticas e pênalti contra o Paysandu: Jean Carlos fala sobre os três anos no Náutico

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 25/04/2021 às 9:04
Jean Carlos diz que Náutico vai entrar pra vencer Vitória e Guarani, mesmo fora de casa.  Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Jean Carlos diz que Náutico vai entrar pra vencer Vitória e Guarani, mesmo fora de casa. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Um dos principais destaques do Náutico, o meia Jean Carlos está engatando a terceira temporada com a camisa alvirrubra. Em solo pernambucano, marcou gols importantes, conquistou o título da Série C em 2019 e tornou-se referência de bom futebol dentro de campo. Neste sábado (24), o atleta concedeu entrevista ao narrador Aroldo Costa, no programa Arena TV Jornal, e passou a limpo as mudanças que tem vivido desde que iniciou a trajetória no clube. Ele também falou sobre as temporadas de altos e baixos, a relação com o técnico Hélio dos Anjos, a mudança para torna-se mais responsável na carreira e, claro, sobre o pênalti decisivo marcado no último minuto de jogo contra o Paysandu, que levou a partida decisiva do acesso para os pênaltis, onde o Timbu saiu vitorioso.

No dia 5 de julho de 2019 Jean Carlos era anunciado como novo reforço do Náutico para a disputa da Série C. Desejo antigo do Timbu, o meia, que ostentava no currículo passagens por Palmeiras e São Paulo, aportava nos Aflitos em um momento de baixa na carreira, já que não entrava em campo há três meses e vinha de problemas extracampos nos últimos clubes que passou. No entanto, ele logo caiu nas graças da torcida. Com boa qualidade, marcou um golaço contra o Santa Cruz, que acabou eliminando o rival na primeira fase da competição.

LEIA MAIS:

> Para não subir à cabeça: Ronaldo Alves quer Náutico com “pés no chão”

> Executivo de futebol do Náutico, Ari Barros admite sondagem do Grêmio

Após Náutico confirmar vaga na Copa do Brasil, Hélio diz: “Continuar trabalhando para conquistas maiores”

Náutico garante liderança do Pernambucano e vaga na Copa do Brasil de 2022

> Dos gramados à barbearia: ex-jogadores do futebol pernambucano se reinventam após aposentadoria

Na sequência, chamou para si a responsabilidade o pênalti contra o Paysandu que abriu caminho para o retorno à Série B. Ao fim da competição, acesso e título da Série C. Jean, que chegou com um contrato curto, até o fim da temporada 2019, logo acertou uma renovação. O protagonismo assumido pelo meia logo o fez cair nas graças da torcida para se tornar um dos principais jogadores do Timbu nas últimas temporadas, inclusive, sendo o maior goleador do time em 2020, com 13 gols, num ano que o time brigou para não voltar à Terceirona. Em meio à esses altos e baixos, confira abaixo a entrevista completa do meia Jean Carlos: 

  • 3 anos no Náutico

Vou confessar que não esperava ficar tanto tempo (no Náutico). Cheguei aqui com um contrato curto, de três meses. Graças a Deus aconteceu tudo que aconteceu na minha vida desde 2019. Estou feliz demais por engatar essa terceira temporada por aqui. Eu e minha esposa nos adaptamos muito rápido no Recife. A gente gosta bastante daqui, de sair para jantar, conhecer alguns lugares. Então a gente está bem adaptado aqui no Recife. É uma cidade que nos acolheu e a gente está curtindo bastante.

  • Temporadas de altos e baixos

Ano passado a gente entrou para tentar buscar o objetivo do clube que era subir para a Série A. Infelizmente, chegou uma altura do campeonato que a gente teve que brigar por uma outra situação, que era se manter na Série B. Foi um momento onde nos abraçamos e desde quando o Hélio chegou, a gente se abraçou, conseguimos fazer um bom final de temporada e se manter. Com esse trabalho, a gente continuou focado, iniciamos esse ano bem. Tudo vai se coroar com o título porque é isso que a gente vai buscar. 

  • Hélio dos Anjos

O Hélio é uma figura. É um cara que conquistou todos do clube. Desde quando chegou, a palavra dele é que Série C não existe mais aqui dentro. O trabalho que ele nos impôs, a cobrança no dia a dia, fez a gente chegar nesse começo de temporada e chegar a cada jogo como se fosse uma decisão. É isso que a gente está fazendo. Hoje o Náutico criou uma cara, uma confiança, que vem nos ajudando nos jogos e que com certeza vai ser muito bom para o decorrer da temporada para conquistar nosso grande objetivo que é o acesso para a Série A. Então ele (Hélio) tem o respeito de todos ali dentro, é uma figura que a gente gosta bastante e com certeza vamos correr por ele dentro de campo. 

> Hélio dos Anjos cita alternativas para substituir Jean Carlos contra o Afogados; veja opções

> Jean Carlos prega cautela com Juninho Carpina no Náutico: “Adaptação no profissional leva tempo”

  • Mudança na carreira

Posso dizer que hoje eu sou sim um atleta profissional. Graças a Deus estou colhendo os frutos dentro do campo. Comecei a me dedicar mais apenas ao futebol. A idade foi chegando e as portas foram se fechando, foi quando eu decidi mudar completamente a minha vida e estou colhendo os frutos aqui no Náutico, que me abriu as portas. Hoje eu me cuido muito para jogar até quando eu conseguir. Passei a dar muito valor ao futebol. Tudo que conquistei até hoje foi através do futebol. Então espero enquanto estiver aqui no Náutico, conquistar todos os objetivos do clube. Como falei, sou muito grato ao Náutico por tudo que fez por mim. Enquanto Deus permitir que eu continue no futebol, eu vou fazer de tudo para viver cada dia o mais intenso possível. 

Jean Carlos durante a apresentação na chegada ao Náutico. Foto: João Victor Amorim/Rádio Jornal

  • Críticas 

Concordo demais com algumas críticas. Eu, inclusive, me cobro muito. Porém, tem algumas situações que já saem da questão do futebol, até porque somos seres humanos e estamos ali sujeitos a erro. Não somos robôs. Não é todo jogo que a gente vai jogar bem, que vai vencer. Estamos todos os dias abdicando de várias coisas para trabalhar em prol do clube. Só que não vai ser sempre que vamos vencer. Então quando a crítica é sobre o futebol, quando não estamos jogando com raça dentro de campo, não tá rendendo, eu concordo com a cobrança. Mas quando parte para o lado pessoal, aí eu costumo falar que esses não são torcedores, porque o verdadeiro torcedor está com a gente, sofre junto, e sabe colher os frutos também.

  • Desafios do atleta profissional

Quando a gente está ali, estamos lidando com o coração de várias pessoas, de torcedores, famílias. Então a gente tem a responsabilidade de dar alegrias ou acabar decepcionando muitas pessoas. É uma pressão que muitas vezes é gostosa, como foi em 2019 e tudo ali que a gente presenciou depois daquele acesso. Mas tem também os momentos ruins, que as vitórias não chegam, que a gente passa por momentos ruins. Então a gente tem que estar sempre perto da nossa família, que vai estar ali com a gente dando apoio até para acordamos no outro dia e continuar trabalhando. A vida continua. A gente tem que estar sempre preparado para uma nova partida, um novo jogo.

  • Frieza no pênalti contra o Paysandu

Aquele pênalti passava muita coisa na minha vida, na vida do torcedor alvirrubro, na vida da diretoria. Acho que passava muita coisa ali naquele pênalti. Foi um momento de alegria para todos depois que converti. Não consigo nem imaginar o que seria se não tivesse conseguido fazer.. ali eu fui feliz, a torcida ficou feliz e o final da história todo mundo já sabe.

jean carlos, náutico Gol decisivo do meia alvirrubro, contra o Paysandu, foi eleito o gol do ano na voz de Aroldo Costa. Foto: Léo Lemos/Náutico

  • Inspiração

“Nunca fui muito de me inspirar não. Sempre admirei muitos jogadores que chegaram ao seu auge, seleção e conquistaram campeonatos, o carinho das torcidas nos clubes que passaram. Sempre tive essa vontade de onde tivesse, conquistar títulos, conquistar o carinho da torcida. É isso que me deixa feliz hoje no futebol.

 

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Últimas notícias