Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Passagem relâmpago: Alexandre Gallo pede demissão do Santa Cruz

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 26/04/2021 às 15:19
Alexandre Gallo comandou o Tricolor em apenas três partidas. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Alexandre Gallo comandou o Tricolor em apenas três partidas. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Após duas semanas e apenas três jogos no comando do Santa Cruz, Alexandre Gallo pediu demissão. A passagem do treinador pelo Arruda, apesar de curta, foi turbulenta, sem vitórias, com duas derrotas e um empate. A informação foi dada pelo clube, no início da tarde desta segunda-feira (26).

LEIA MAIS

>> ”Não vislumbro melhora no curto prazo, não podemos mentir”, diz Gallo após derrota do Santa Cruz

>> Diretoria, jogadores, Alexandre Gallo; torcida coral não aceita mais uma derrota do Santa Cruz e pressiona nas redes sociais

>> Risco de jogar quadrangular do rebaixamento no Pernambucano acende alerta no Santa Cruz

>> Jailton Cintra nega mágoa ao sair do Santa Cruz, mas diz que exposição da preparação física é falta de ética

"Alexandre Gallo não é mais o treinador do Santa Cruz. O técnico deixou o clube após pedir desligamento na tarde desta segunda-feira. O clube agradece os serviços prestados e deseja sorte ao treinador", publicou o Santa, em seu perfil oficial no Twitter.

Em seu vídeo de despedida, Gallo disse que não via condições de evoluir tecnicamente com a equipe em um curto espaço de tempo. "Acho que talvez esse meu pedido de demissão seja um alerta à toda nação para que o Santa Cruz, que realmente é um gigante adormecido. Essa direção que ai está precisa desse abraço dessa grande torcida, dessa nação que sempre fez a diferença em campo. Eu gostaria de participar mais dessa situação, mas não vejo, hoje, condições para que eu possa, em um curto espaço de tempo, evoluir tecnicamente com a equipe", disse.  O treinador afirmou ainda que essa foi a primeira vez que teve uma passagem tão rápida por um clube.

Gallo pede para sair do Santa Cruz no dia seguinte à derrota por 2x0 para o Sete de Setembro, pela8ª rodada do Campeonato Pernambucano, a penúltima da primeira fase da competição. Com a derrota para o Sete, a equipe coral caiu para a sexta posição no Estadual e corre o risco de jogar o quadrangular do rebaixamento.

Em seu vídeo de anúncio do pedido de demissão, o técnico ainda fez críticas à estrutura do clube e avaliou que "vai demorar uns seis meses" para que o Santa Cruz consiga dar uma condição de trabalho para os profissionais do clube, mas ponderou que não é culpa da diretoria atual.

"Eu acho que o Santa Cruz parou um pouquinho dentro dessa situação de estrutura e eu acredito que, apesar de todo o investimento do mundo, vai demorar uns seis meses para o clube trazer uma condição mínima de trabalho para os profissionais que aqui estão. Tenho certeza absoluta que isso não é culpa dessa diretoria que ai está, eles estão trabalhando muito", completou.

O treinador fez sua estreia no comando do Santa Cruz em um Clássico das Emoções, contra o Náutico, pela 6ª rodada do Campeonato Pernambucano, no dia 18 de abril, e perdeu por 2x1. Depois disso, empatou sem gols com o Salgueiro, no Arruda, pela 7ª rodada e, no último domingo (25), perdeu para o Sete de Setembro, também jogando em casa.

Com a saída de Alexandre Gallo, a diretoria coral precisará ir em busca do seu terceiro técnico, em apenas dois meses no comando do cube.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias