Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

Técnico do Manchester United critica invasão de torcedores

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 05/05/2021 às 21:51
Torcida do Manchester realizaram protesto no último domingo. Foto: AFP
Torcida do Manchester realizaram protesto no último domingo. Foto: AFP
Leitura:

AFP - O técnico do Manchester United, Ole Gunnar Solskjaer, afirmou nesta quarta-feira que os manifestantes que invadiram Old Trafford no domingo foram "longe demais", mas que os protestos contra a política esportiva do clube devem ser "ouvidos".

"Devemos ouvir a voz dos torcedores. Protestar é um direito de todos, mas deve ser de forma civilizada", disse o técnico norueguês na coletiva de imprensa antes das semifinais da Liga Europa contra a Roma, na quinta-feira.

“Infelizmente, quando você invade, quando tem policiais feridos, com cicatrizes para o resto da vida, você está indo longe demais. É mais um passo. Quando as coisas saem do controle assim, passa a ser assunto da polícia. Já não é uma questão de expressão de opinião ", acrescentou.

LEIA MAIS

> Chelsea vence Real Madrid e enfrenta Manchester City na final da Champions League

> “Estou orgulhoso”, diz Guardiola ao levar o City à final da Liga dos Campeões

“Nossa equipe jamais desistiu”, afirma técnico do PSG

No domingo, centenas de torcedores dos Red Devils invadiram o estádio de Old Trafford e ocuparam o gramado poucas horas antes do início do jogo com o Liverpool, pelo Campeonato Inglês, o que levou a seu adiamento.

Outro grupo de manifestantes se reuniu em frente ao Lowry Hotel, onde os jogadores do United estavam concentrados antes do duelo, para evitar a saída da equipe para o estádio.

Um homem de 28 anos foi preso em frente ao hotel, acusado de vários crimes, inclusive por ter lançado um sinalizador contra o hotel.

Um porta-voz da polícia explicou que um total de seis policiais ficaram feridos.

As manifestações contra os donos do Manchester United aconteceram dias depois do envolvimento do clube no projeto fracassado de criação da Superliga Europeia, competição independente projetada para rivalizar com a Liga dos Campeões.

Nesta quinta-feira, o Manchester United encara a Roma na partida de volta das semifinais da Liga Europa, depois de vencer o primeiro duelo por 6 a 2. Quem decidirá o título do torneio continental contra o vencedor da outra semifinal, entre Arsenal e Villarreal.

Últimas notícias