Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Atuações da final do Pernambucano: Náutico foi melhor que o Sport

Marcelo Cavalcante
MarcelO Cavalcante
MarcelO Cavalcante
Publicado em 16/05/2021 às 23:54
Primeiro jogo da final do Pernambucano acabou empatado. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Primeiro jogo da final do Pernambucano acabou empatado. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Antes de a bola rolar, o Náutico era o favorito para o primeiro clássico decisivo contra o Sport, na Arena de Pernambuco. É uma equipe mais encorpada, entrosada e que já sabe muito bem o que o técnico Hélio dos Anjos quer. O Leão não tem ainda essa coesão. Com Umberto Louzer até melhorou na postura, na atitude. Mas não mostrou uma sequência de boas partidas para ter um padrão de jogo.

O duelo na Arena de Pernambuco mostrou que apontar favorito não significa dizer que vai vencer. E muito menos que, num clássico, uma equipe mais organizada vá obrigatoriamente vencer. O Náutico foi melhor. Mas foi o Sport que abriu o placar. E teve no seu goleiro, Maílson, o grande destaque da partida. O jovem goleiro tá mostrando que a reserva, as críticas fizeram bem.

LEIA MAIS

> “Jogamos abaixo do nosso potencial”, admitiu técnico do Sport após empate na final

> Saiba o que Sport ou Náutico precisa fazer para faturar título do Pernambucano de 2021

> Decisivo para o Sport na final do Pernambuco, Mailson mostra confiança: ‘Vamos ser campeões’

> Hélio dos Anjos sobre decisão: “Ninguém vai passar por cima do Náutico”

> Confira os gols do empate entre Sport e Náutico na final do Pernambucano

> Dirigentes do Náutico na bronca: “Com o VAR a gente é prejudicado, imagine sem”

> Everaldo comemora gol do Sport dançando “tchaki tchaki” em homenagem a Gil do Vigor; veja vídeo

> Com gol anulado pelo VAR, Sport e Náutico empatam primeiro jogo da final do Pernambucano

> Veja as escalações de Sport x Náutico e a transmissão da Rádio Jornal

> Após ataques contra Gil do Vigor, Sport realiza homenagens a ex-BBB na final do Pernambucano

O Náutico foi mais impetuoso. Tomou a iniciativa da partida com mais velocidade. Jogou tanto pelas laterais quanto pelo meio. Rhaldney fez outra partida de destaque. Foi o dono do meio de campo. Além de criar chances, o Náutico também tinha a segunda bola. A zaga do Sport esteve irreconhecível, errando posicionamento e lances bobos. O Náutico só não venceu porque errou demais nas finalizações (Jean Carlos, como se perde um gol daquele, rapaz?!) e, como falei, encontrou em Maílson uma barreira.

Tudo igual na Arena de Pernambuco. Ou seja, tudo aberto para o segundo jogo, nos Aflitos.

ATUAÇÕES

SPORT

Mailson - A sua melhor atuação pelo Sport. Foram, no mínimo, três defesas brilhantes. Nota: 8

Patric - Voluntarioso, muita força e algumas jogadas na linha de fundo. Nota: 6

Maidana - Irreconhecível. Mostrou insegurança, errou na hora do gol do Náutico e perdeu saída de bolas. Nota: 4

Adryelson - Melhor que seu companheiro de setor. Pelo menos, estava mais tranquilo e cortando algumas bolas. Nota: 5

Sander - No apoio ao ataque, não acrescentou. Ajudou mais na marcação, mas sem tanto brilho. Nota: 6

Marcão - Aquele Marcão de sempre. Muita raça, não dando espaço para os seus marcadores e distribuindo jogo. O mais seguro do setor. Nota: 7

Junior Tavares - Mal demais. Perdido na marcação e errado muitos passes. Nota: 4

Thiago Lopes - Outro que estava perdidinho na partida. Leeentooo... quase câmera lenta. Nota: 4. Entrou Marquinhos e não fez muita coisa: Nota 4.

Neilton - Começou bem na partida, imprimindo velocidade. Mas depois caiu de rendimento até ser substituído. Nota: 5. Toró entrou em seu lugar... peraí, entrou? Nota: 3

Trellez - Apareceu no time titular e só foi visto na comemoração do gol do Leão. Nota: 4. Maxwell entrou, buscou mais o jogo, mas acrescentou pouco ao time. Nota: 5

Everaldo - Entrou pela primeira vez como titular e não incendiou o jogo como nas partidas anteriores, quando era acionado no segundo tempo. Valeu pelo gol: 6. Tiago Neves entrou para mostrar que, realmente, está completamente fora de ritmo. Nota: 4.

NÁUTICO

Alex Alves - Não fez grandes defesas e não teve culpa no gol que tomou. Nota: 6

Hereda - Foi mais participativo no setor ofensivo e não deu brechas defensivas. Nota: 6

Wagner - Se firmou de vez como titular. Seguro, ganhou praticamente todas e ainda aproveitou falha da defesa do Leão para empatar a partida. Nota: 7

Camutanga - Fez uma partida sem tanto brilho, mas também não comprometeu. Nota 6.

Bryan - Joga improvisado na posição. Comete erros defensivos e não aparece tanto na frente. Nota: 5

Djavan - Voluntarioso, operário. Cumpre seu papel tático. Nota: 6. Matheus Trindade entrou para compor o setor e não teve tempo para ser avaliado.

Rhadney - Está jogando muito. Se sente a vontade para marcar e sair para armar o jogo. Apareceu bem no seu papel de marcação e saia para atacar com facilidade.Nota:8. Marciel foi acionado em seu lugar, mas não apareceu na partida. Nota: 5

Jean Carlos - Foi melhor do que o último clássico, mas ainda bem a baixo do que sabe. Perdeu um gol incrível. Nota: 5

Erick - Velocidade e habilidade. Buscou sempre o ataque e ofereceu periogo: Nota 7. Matheus Carvalho entrou em seu lugar e não teve muito tempo para jogar. Fica sem nota.

Vinicius - Caiu de rendimento nas últimas partidas e parece que não se reencontrou. Ficou só na vontade e acabou sendo anulado. Nota: 4. Giovanny para entrou para dar fôlego ao setor e também não acrescentou muita coisa. Nota 4.

Kieza - Jogou para o time e foi importante para levar o Náutico ao ataque. Chegou até mandar uma bola para as redes, mas estava em impedimento. Nota: 6.

Últimas notícias