Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Hélio dos Anjos destaca final contra Sport como "último jogo da vida"

Leonardo Silva
Leonardo Silva
Publicado em 17/05/2021 às 8:30
Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem
Leitura:

Além do último jogo do Campeonato Pernambucano, o último jogo da vida de todo o grupo. É assim que o técnico Hélio dos Anjos quer que o seu elenco encare a decisão do Campeonato Pernambucano, diante do Sport, no próximo domingo. Após o empate de 1x1, na Arena de Pernambuco, o treinador alvirrubro enfatizou que de nada vai adiantar o bom futebol apresentado na primeira partida da final se a superioridade não for transformada em resultado na segunda e decisiva.

"Nós fomos melhores no primeiro jogo, mas isso não quer dizer nada em relação ao segundo. Fomos melhores no primeiro, mas não transformamos isso em um resultado, não transformamos em gols. Mas não vou lamentar. Eu tenho que enaltecer a conduta do meu gruop tecnicamente, taticamente, fisicamente, psicologicamente. Enfrentamos um grande time que agora vão enfatizar que ele está começando, em construção, mas é um time de jogadores de primeira divisão. Meu time tem jogadores de primeira, mas no momento nós estamos na segunda. E muitas vezes antes do jogo isso nos faz parecer menores", analisou.

Sobre a pegada que ele espera que o time tenha, Hélio dos Anjos foi enfático. "Nós temos 90 minutos agora onde vai ser realmente o último jogo das nossas vidas porque é assim que se ver e assim que se constrói um título em uma partida final", disse.

O treinador alvurrubro destacou o diferencial que espera ver no próximo domingo. "Nós temos que ter um diferencial na hora que for necessário e decisão você não ganha só na técnica, na tática. Você ganha no envolvimento. Eu não vou falar as palavras que falamos durante a semana e fomos muito agressivos. O meu grupo tem o espírito do seu treinador. Meu grupo não gosta de perder, não somos os melhores do mundo, não somos melhores do que ninguém. Mas ninguém vai nos atropelar sendo melhores do que a gente infinitamente", deixou o recado.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Últimas notícias