Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

No Náutico, Hélio dos Anjos exalta união do grupo: "Me enche de confiança e esperança"

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 17/05/2021 às 13:40
O Timbu está em Campinas para o jogo. Foto: Tiago Caldas/ Náutico
O Timbu está em Campinas para o jogo. Foto: Tiago Caldas/ Náutico
Leitura:

O técnico Hélio dos Anjos exaltou a união do elenco do Náutico. Por meio de sua conta oficial no Twitter, o treinador alvirrubro publicou uma foto com os jogadores - titulares e reservas - do Timbu juntos. A imagem foi feita na comemoração do gol de empate do Náutico contra o Sport, no primeiro duelo da final e que terminou 1x1. Segundo o comandante de 63 anos, que vai em busca do seu primeiro título com a camisa do Náutico, essa união dos atletas e do grupo enche de esperança e confiança para conquistar muita coisa boa no clube.

"Sempre que meus jogadores fazem essa foto eu fico muito feliz. Não só pelo gol, muito mais pela unidade que ela representa. Temos um grupo unido e isso me enche de confiança e esperança de vitórias e títulos. Náutico forte!", escreveu o técnico alvirrubro, que assumiu o Alvirrubro durante a Série B de 2020 e, desde então, vem fazendo um grande trabalho.

LEIA MAIS

Náutico agradece apoio de tia Edna, torcedora que ‘discutiu’ com vizinhos rubro-negros em varanda de prédio; veja

Às vésperas da final entre Náutico e Sport, deputado quer urgência em retorno de torcida aos estádios em Pernambuco

Veja o gol anulado do Náutico no primeiro jogo da final do Estadual contra o Sport

Hélio dos Anjos destaca final contra Sport como “último jogo da vida”

Hélio dos Anjos está em sua terceira passagem no Náutico. Na primeira, em 1993, assumiu o clube durante a Série A daquele ano. Em 2006, na Série B, chegou na reta final da Segundona e conseguiu o acesso à elite do futebol brasileiro. Depois disso, passou 14 anos sem treinar a equipe, até que retornou em 2020 com a missão de salvar um Náutico afundado na zona de rebaixamento. Ao seu estilo, conseguiu a permanência do clube de forma antecipada e agora pode conquistar o título Pernambucano no próximo domingo.

E a conquista do Estadual, aliás, teria um peso enorme. Isso porque, de cara, pode ser o primeiro título de Hélio com a camisa do Náutico e, além disso, pode fazer com que o Timbu vença o Sport numa final após 53 anos de tabu. A última foi em 1968, ano em que o clube vermelho e branco foi hexa e venceu o Rubro-Negro na decisão. Outro ponto seria voltar a ser campeão nos Aflitos, algo que não ocorre desde 1974, quando na época o Alvirrubro bateu o Santa Cruz e, mais do que isso, evitou o hexacampeonato do Tricolor do Arruda.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Últimas notícias