Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Sete de Setembro vence o Retrô e garante permanência na Série A1 do Pernambucano; Central e Vitória são rebaixados

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 17/05/2021 às 17:08
Vitória por 1x0 sobre o Retrô garantiu ao Sete de Setembro a permanência na elite do Estadual. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Vitória por 1x0 sobre o Retrô garantiu ao Sete de Setembro a permanência na elite do Estadual. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Chegou ao fim o quadrangular da luta contra o rebaixamento do Campeonato Pernambucano, com Retrô e Sete de Setembro se salvando e Vitória das Tabocas e Central rebaixados para a Série A2. Nesta segunda-feira (17), as quatro equipes fizeram os dois jogos da terceira e última rodada, que terminaram com Retrô 0x1 Sete de Setembro e Central 0x2 Vitória das Tabocas.

LEIA MAIS 

>> Retrô escapa do rebaixamento no Pernambucano

Na semana passada, o Retrô goleou o Vitória das Tabocas por 5x0 e garantiu a classificação antecipadamente, chegando para a última rodada cumprindo tabela. Apenas a Fênix já estava com a classificação garantida, enquanto Sete de Setembro, Vitória e Central disputaram a última vaga.

Com a vitória por 1x0, o Sete de Setembro chegou aos 5 pontos, garantiu a segunda colocação e, consequentemente, a última vaga para a permanência na Série A1. O Vitória venceu o Central por 2x0, chegou a 4 pontos, ficando com o terceiro lugar. Com apenas 1 ponto, o Central terminou o quadrangular na quarta colocação.

A Patativa, vice-campeã pernambucana em 2018, quando perdeu para o Náutico na final, não disputa a segunda divisão do Estadual desde 2005. Foram 16 anos na Série A1 do Pernambucano. Este ano, porém, o Central terminou a primeira fase com nove pontos, ao fazer uma campanha conturbada.

Logo na estreia, perdeu de goleada por 5x0 para o Náutico e acabou demitindo o técnico Catende, que foi substituído por Pedro Manta. Entretanto, Manta permaneceu no comando da equipe por apenas três jogos, também foi desligado e posteriormente acabou assumindo o comando do Sete de Setembro e se salvando da queda nesta última rodada.

Últimas notícias