Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Náutico fará reunião com a PM para definir sobre policiamento para a final do Pernambucano

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 19/05/2021 às 17:04
Estreia do Náutico na Série B é contra o CSA. Foto: Bobby Fabisak/Acervo JC Imagem
Estreia do Náutico na Série B é contra o CSA. Foto: Bobby Fabisak/Acervo JC Imagem
Leitura:

Náutico e Sport se enfrentam no próximo domingo (23), no estádio dos Aflitos, às 16h, no segundo Clássico dos Clássicos válido pela final do Campeonato Pernambucano de 2021. Apesar de acontecer sem a presença de público, a partida define o campeão estadual e pode atrair torcedores para o entorno do estádio. Pensando nisso, o Náutico fará uma reunião com a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE).

LEIA MAIS

>> Último título do Náutico nos Aflitos foi contra o Santa Cruz e criou o bordão ‘hexa é luxo’; relembre

>> Titular na final de 2019 contra o Sport, Hereda se vê mais concentrado para ajudar Náutico na decisão de 2021

>> Herói do último título, Mailson garante foco total em nova decisão do Sport contra o Náutico

Segundo o diretor jurídico do Timbu, Bruno Becker, a reunião acontecerá nesta quinta-feira (20), às 10h. "Nós vamos ter uma reunião amanhã (quinta-feira, 20), inclusive eu vou participar dessa reunião com a Polícia Militar de Pernambuco, justamente para tratar deste jogo de domingo", disse.

Ainda de acordo com Becker, o clube ficará fechado no dia do jogo. "Inclusive bares, lanchonetes, qualquer tipo de atividade que exista no clube estarão fechados. O estacionamento estará fechado, só terá acesso quem for participar e trabalhar no jogo, como a imprensa, representantes da Federação, enfim, aqueles que de fato trabalham no jogo", detalhou.

Mesmo sem público, a partida entre alvirrubros e rubro-negros é de grande apelo. Além de ser um clássico, reunindo duas das maiores equipes do Estado, o jogo vale o título do campeonato e, dessa forma, pode atrair torcedores, gerando aglomerações nas imediações do estádio dos Aflitos, ou até mesmo Torcidas Organizadas, famosas por protagonizar episódios de violência na cidade.

O presidente alvirrubro, Edno Melo, afirmou que o Náutico já enviou ofícios à PM e à Secretaria Estadual de Saúde (SES), solicitando que a tenha um efetivo da Polícia Militar tanto na sede do clube como também nso arredores para evitar possíveis aglomerações de torcedores.

"A gente tem pedido ao associado, ao torcedor, que evite estar ao redor do Aflitos ou aglomerando na sede. Que assista o jogo em casa. A gente sabe o prejuízo que essa pandemia está causando e quanto mais gente transgredir as regras determinadas pela Secretaria de Saúde, mais vai demorar a acabar essa pandemia. Então, é um apelo que a diretoria do Náutico faz. Fiquem em casa, assistam o jogo em casa com seus familiares. Não venha para a sede, não aglomere ao redor do Estádio porque a situação ainda é muito grave", reforçou.

Os dirigentes do Timbu também adiantaram que solicitarão, na reunião com a PMPE, policiamento semelhante ao que acontece em dias de jogos com torcida, com a presença da cavalaria, do Batalhão de Choque, se possível, da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) e, se for necessário, até o bloqueio de algumas ruas.

A reportagem do Jornal do Commercio e Blog do Torcedor também entrou em contato com a PMPE para apurar se houve pedido dos clubes ou da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) para policiamento especial para o jogo. Entretanto, até a última atualização deste texto não obteve resposta.

Últimas notícias