Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Titular na final de 2019 contra o Sport, Hereda se vê mais concentrado para ajudar Náutico na decisão de 2021

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 19/05/2021 às 10:26
Hereda foi titular em 2019 e agora quer um desfecho diferente para o Náutico. Foto: Tiago Caldas/Náutico
Hereda foi titular em 2019 e agora quer um desfecho diferente para o Náutico. Foto: Tiago Caldas/Náutico
Leitura:

Assim como em 2019, Náutico e Sport estão decidindo o Campeonato Pernambucano em 2021. E pelo lado alvirrubro tem um remanescente que pode ser uma peça importante para o Timbu buscar essa taça. Titular na lateral-direita, Hereda atuou na decisão há dois, que acabou sendo vencida pelo Rubro-Negro. Hoje, mais de dois anos depois daquela final, o jogador se vê mais pronto para ajudar o Náutico a tentar conquistar o Estadual de 2021.

"Ali foi o meu primeiro ano como profissional e também a primeira final. Estava um pouco nervoso. Creio que estou mais experiente, focado e mais concentrado com ajuda da equipe. Querendo ou não, por se tratar de final, a gente fica mais ansioso, mas faz parte, tem que ter isso. E o grupo não mudou muita coisa, por se tratar de final, todo mundo quer sair vitorioso", explicou o lateral-direito, que deseja um desfecho diferente para o Náutico em 2021 em relação ao resultado da decisão de 2019.

LEIA MAIS

Ao vivo: Blog do Torcedor no Ar revisita as finais memoráveis do Campeonato Pernambucano

Hereda diz que Náutico está focado na correção de erros durante a semana que antecede final do Pernambucano

Campeonato Pernambucano pode ser decidido nos pênaltis pela quinta vez, a terceira consecutiva; relembre

Quando atuou na final de 2019, Hereda era considerado uma boa promessa do Náutico. Com 20 anos, o jogador estava na sua primeira temporada no elenco de cima. Apesar disso, no entanto, dá para dizer que o lateral-direito teve uma boa performance na decisão. No jogo de volta, na Ilha do Retiro, o Timbu bateu o Sport por 2x1, com Hereda sendo responsável pela assistência no segundo gol. Esse resultado, aliás, levou o confronto para a decisão por pênaltis, já que o Rubro-Negro tinha vencido o duelo de ida por 1x0. Apesar do Náutico ter saído com a derrota nas penalidades, Hereda converteu a sua cobrança.

Dessa final de 2019 até aqui, o status de Hereda no Náutico aumentou. De considerado uma boa promessa no início, o lateral-direito hoje é titular absoluto e uma das peças que mais evoluiu desde a chegada do técnico Hélio dos Anjos. O atleta, inclusive, está perto de completar 100 jogos, tendo já conquistado um título com o Timbu: a Série C de 2019.

Se o Náutico for campeão em cima do Sport, o Alvirrubro vai quebrar um tabu de 53 anos sem vencer o Rubro-Negro numa final, além de voltar a ganhar um título dentro dos Aflitos, algo que não acontece desde 1974.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Últimas notícias