Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Náutico entrará com medida mais efetiva para que Kevyn se reapresente o mais rápido possível

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 21/05/2021 às 9:19
Kevyn era titular do Náutico antes de colocar o clube na justiça. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Kevyn era titular do Náutico antes de colocar o clube na justiça. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Apesar de ter as liminares derrubadas na Justiça, o lateral-esquerdo Kevyn ainda não se apresentou no Náutico. E o clube entrará, na próxima semana, com uma medida mais efetiva para que esse retorno do jogador aconteça o mais rápido possível. Quem confirmou isso foi o vice-presidente jurídico, Bruno Becker, em contato com a reportagem do Jornal do Commercio. De acordo com o dirigente alvirrubro, o clube esperava que a sentença sobre o processo já tivesse saído, mas ainda não aconteceu isso, podendo ser definida a qualquer momento, segundo Bruno Becker.

"O processo (da regulação trabalhista que Kevyn ingressou) está aguardando a sentença e não tem prazo definido. Pode ser julgado hoje, amanhã ou daqui a seis meses. No entendimento do clube a gente esperava que já estivesse sido julgado, mas não foi. O que vamos fazer ao longo da semana que vem é analisar algumas situações jurídicas para tentar acelerar essa reapresentação dele, já que a sentença não foi proferida. O que a gente vai tentar é solucionar, com uma medida mais efetiva, para que o jogador se reapresente, já que a liminar foi derrubada há dois meses e o atleta não compareceu ao clube", explicou o dirigente.

LEIA MAIS

Náutico diz que PM vai reforçar policiamento na final e sede será fechada para evitar aglomeração

Náutico avança, mas ainda não chega a acordo com Martinez em dívida de R$ 3,3 milhões; entenda

Alegando atrasos salariais e de FGTS, Kevyn entrou com uma ação na Justiça contra o Náutico em fevereiro deste ano. No entanto, essa liminar foi derrubada e a decisão mandava ele se reapresentar no clube, o que não aconteceu até agora. No início do caso, a informação era de que o jogador tinha uma negociação encaminhada com o CSA, inclusive tendo até treinado no clube, mas o negócio não andou.

No Náutico, Kevyn terminou como titular absoluto na Série B, sendo uma peça que cresceu bastante sob o comando do técnico Hélio dos Anjos. Por conta disso, a expectativa era de que o jogador permanecesse, mas ele surpreendeu a todos com esse pedido de saída. Por meio de sua rede social, ainda no início do caso, o presidente Edno Melo afirmou que Kevyn fechou as portas no clube da pior forma.

Últimas notícias