Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Náutico chega ao terceiro título com Edno Melo na presidência

Carolina Fonsêca Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 23/05/2021 às 19:09
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Quando Edno Melo assumiu a presidência do Náutico em 2018, o Timbu estava na Série C, enfrentando um momento político delicado e mandando seus jogos na Arena de Pernambuco. Tendo a união e o planejamento como motes principais da sua gestão, o mandatário alvirrubro comandou a volta para casa e a conquista de três títulos, além de um acesso. Foram dois  Campeonatos Pernambucanos, um em 2018 e outro neste domingo (23), além do título de campeão brasileiro da Série C, em 2019.

"Só tenho a agradecer. A Deus, à minha família que tanto sofreu comigo e dizer à torcida que isso daí é resultado de trabalho. Título tem que ser sempre o resultado de um trabalho. E a gente está provando. Essa gestão está dando três títulos ao Náutico já", disse Edno Melo, emocionado, após a conquista do Pernambucano, neste domingo.

Assim como este ano, em 2018 o Timbu terminou a primeira fase do campeonato como líder. Na ocasião, teve cinco vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. Passou pelo Afogados nas quartas de final e pelo Salgueiro nas sêmis. Enfrentou o Central, em uma final inédita, e sagrou-se campeão. Além disso, pôs fim a um jejum de quase 14 anos sem vencer campeonatos.

LEIA MAIS

> DNA vencedor: base do Náutico mostra força e se destaca em mais uma conquista do Pernambucano

> Veja a campanha do Náutico na conquista do título do Campeonato Pernambucano 2021

> Baixe o pôster do Náutico campeão pernambucano de 2021

> Com 10 gols marcados, Kieza é o artilheiro do Campeonato Pernambucano 2021

> Tensão, expectativa e festa nas ruas e bares do Recife após título do Náutico

> Hélio dos Anjos é campeão pelo Náutico e chega à 4ª conquista do Pernambucano

> Nos pênaltis, Náutico vence o Sport e conquista o título do Campeonato Pernambucano de 2021

Com um título na bagagem sob o comando de Edno Melo, era a hora de voltar para casa. O Náutico havia trocado o estádio Eládio de Barros Carvalho pela Arena de Pernambuco em 2013 e, com o tempo, essa mudança perdeu o sentido para a torcida alvirrubra. Da reforma do estádio, troca do gramado, até o jogo da volta, o clube investiu em ações de marketing, fez receita e fez bem também ao futebol. Em 2019, foi nos Aflitos que veio o acesso para a Série B, após vitória nos pênaltis contra o Paysandu.

Naquele ano o Timbu esteve na final do Pernambucano novamente, também diante do Sport. Com uma vitória rubro-negra no primeiro jogo e uma vitória alvirrubra no segundo, a decisão foi para os pênaltis e o Leão levou a melhor. Mas o ponto alto da temporada do Náutico seria a Terceira Divisão.

Disputando a Série C pelo segundo ano consecutivo, os alvirrubros sofreram no início da competição, mas com uma arrancada se classificaram para as quartas de final, garantindo o acesso à Série B. Para coroar a campanha, chegou até a final, enfrentou o Sampaio Corrêa na decisão e faturou a segunda taça da era Edno Melo. Em 2021, depois de traçar metas bem claras para o primeiro semestre, manter a base do elenco que fez um bom trabalho na reta final da Série B de 2020, sob o comando do técnico Hélio dos Anjos, também mantido no clube, o Náutico chegou à conquista do seu terceiro título na gestão do atual presidente.

Últimas notícias