Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Adversários do Náutico na Série B: as três maiores pedreiras

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 27/05/2021 às 8:22
Cruzeiro disputa a Série B pelo segundo ano seguido. Foto: Acervo JC
Cruzeiro disputa a Série B pelo segundo ano seguido. Foto: Acervo JC
Leitura:

A Série B do Campeonato Brasileiro vai reunir em 2021 três gigantes do futebol nacional: Botafogo, Cruzeiro e Vasco da Gama. Os rivais cariocas desceram de divisão no ano passado, enquanto a Raposa já estava na Segundona em 2020. As três pedreiras, que já foram campeões nacionais e são os principais times da divisão, serão adversários do Náutico na luta por uma vaga na elite do futebol nacional em 2022. Em comum, apesar de toda tradição, os três também devem encontrar dificuldade naquela que é apontada por muitos como a maior Série B de todos os tempos.

LEIA MAIS:

Náutico, Sport e Santa Cruz: hora de virar a chave para o Brasileirão

Campeão, Náutico forma base da seleção do Campeonato Pernambucano escolhida pelo SJCC

Diógenes diz que houve sondagens por Hélio, mas revela foco do técnico em levar Náutico para Série A

Campeão brasileiro, da Libertadores e da Copa do Brasil, o Cruzeiro foi rebaixado em 2019 e não conseguiu de imediato o acesso no ano passado. Longe disso. Com uma campanha irregular, ficou na 11ª colocação, distante do G4. Agora, no entanto, tenta coroar o ano de seu centenário com o retorno à Série A. E para conquistar tal objetivo, a Raposa apostou no trabalho do técnico Felipe Conceição. No elenco, conta com uma mescla de jogadores experientes e conhecidos no futebol nacional, como Fábio, Henrique, Rafael Sóbis, Marcelo Moreno e William Pottker, aliados ao bom desempenho de jovens valores, como Matheus Pereira, Matheus Barbosa, Bruno José e Airton. Confira o elenco do Cruzeiro.

Rebaixado com algumas rodadas de antecedência, o Botafogo foi o lanterna da Série A em 2020. Campeão Brasileiro da Série A em 1995, a realidade do Fogão hoje é outra. O clube passa por uma grave crise financeira. No entanto, por toda sua tradição, entra na Segundona de olho num retorno o mais rápido possível à elite do futebol nacional. Para conduzir o projeto, o clube apostou no técnico Marcelo Chamusca, que possui experiência na divisão, onde subiu para a Série A em 2017 com o Ceará, e conduziu o Cuiabá na maior parte do campeonato em 2020. O elenco que foi rebaixado passou por uma grande reformulação. Por isso, conta com alguns reforços como o ídolo Joel Carli, que retornou ao clube, além do volante Pedro Castro (ex-Avaí e Sport) e o experiente meia Ricardinho (ex-Ceará). Confira o elenco do Botafogo. 

Já o Vasco da Gama vai para a sua 4ª participação na Série B. Clube tradicional, campeão da Libertadores, do Brasileiro e da Copa do Brasil, o Cruzmaltino vem fazendo uma temporada de reconstrução onde o maior objetivo é, sem dúvidas, retornar à Série A. Com isso, apostou no técnico Marcelo Cabo, que é um conhecedor da competição, já que foi campeão em 2016 pelo Atlético-GO. No elenco, o Trem Bala da Colina optou por apostar numa mistura de jogadores experientes e garotos da base com bom potencial. Entre os mais antigos, destacam-se Vanderlei (ex-Grêmio e Santos), Leandro Castán (ex-Corinthians e Roma), Ernando e Zeca (ambos ex-Bahia), Marquinhos Gabriel (ex-Cruzeiro) e o argentino Germán Cano. Já entre as crias da base estão Ricardo Graça, Gabriel Pec, MT e Matías Galarza, entre outros. Confira o elenco do Vasco.  

RAIO-X

Botafogo de Futebol e Regatas

Fundação:  1 de julho de 1894

Principais títulos: Campeonato Brasileiro (1995), Taça Brasil (1968), Copa Conmebol (1993), 4 torneios Rio-São Paulo, Série B (2015) e 21 Estaduais.

Time-base: Douglas Borges, Warley (Jonathan), Kanu, Gilvan (Joel Carli) e Paulo Victor; Matheus Frizzo, Pedro Castro e Ricardinho; Marco Antônio, Ronald e Rafael Navarro.

Técnico: Marcelo Chamusca

Destaques: Pedro Castro e Rafael Navarro

Desempenho em 2021: Copa do Brasil (eliminado na 1ª fase) e Carioca (eliminado na 1ª fase)

Cruzeiro Esporte Clube

Fundação: 2 de janeiro de 1921

Principais títulos: Copa Libertadores (1976 e 1997), Campeonato Brasileiro (1966, 2003, 2013, 2014), Copa do Brasil (1993, 1996, 2000, 2003, 2017, 2018) e 38 Estaduais.

Time-base: Fábio, Cáceres, Eduardo Brock, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Matheus Barbosa e Rômulo; Bruno José, Airton e Rafael Sóbis;

Técnico: Felipe Conceição

Destaques: Fábio e Rafael Sóbis

Desempenho em 2021: Copa do Brasil (3ª fase, pega a Juazeirense) e Mineiro (eliminado na semifinal)

Club de Regatas Vasco da Gama

Fundação: 21 de agosto de 1898

Principais títulos: Copa Libertadores (1998), Campeonato Brasileiro (1974, 1989, 1997 e 2000), Copa do Brasil (2011), Torneio Rio-São Paulo (1958, 1966 e 1999), Série B (2009) e 24 Estaduais.

Time-base: Vanderlei, Léo Matos, Ernando (Leandro Cástan), Ricardo Graça (Miranda) e Zeca; Andrey, Matías Galarza e Morato (Marquinhos Gabriel); Gabriel Pec, Léo Jabá e Germán Cano

Técnico: Marcelo Cabo

Destaques: Vanderley, Galarza, Marquinhos Gabriel e Cano

Desempenho em 2021: Copa do Brasil (3ª fase, enfrenta o Boa Vista-RJ) e Carioca (eliminado na 1ª fase)

Últimas notícias