Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

"Gosto demais de estar no Náutico", afirma Hélio dos Anjos, que recusou propostas do exterior

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 28/05/2021 às 13:13
Para Hélio, virtude do Náutico contra o Vitória foi o equilíbrio. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Para Hélio, virtude do Náutico contra o Vitória foi o equilíbrio. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O técnico Hélio dos Anjos recebeu propostas para deixar o Náutico, mas optou por permanecer no clube e construir um projeto a longo prazo. De acordo com o treinador alvirrubro, foram ofertas do Iraque e da Arábia Saudita, mas ele preferiu ficar num local em que está feliz e onde quer estar. Hélio chegou ao Náutico em novembro do ano passado e foi peça fundamental para que o Timbu permanecesse na Série B de 2020, assim como foi importante no título estadual conquistado em cima do Sport e com o Alvirrubro sendo superior nos dois jogos.

"A situação do Iraque eu não aceitei de forma alguma por questões pessoais, principalmente porque estou onde eu quero, onde eu gosto, e não vou trocar isso de graça. Por ser um período de muitas procuras, e graças a Deus a gente tem um bom mercado lá, nós recebemos sim sondagens com propostas. Você não recebe proposta de dirigente da Arábia porque eles respeitam muito os agentes lá. Então quem trata as negociações são os agentes com autorização dos clubes. Também não dei sequência nessa conversa, mas também não acredito que vai parar", explicou o treinador.

"Mas é como frisei: gosto demais de estar aqui no Náutico. Tenho uma paixão muito grande pelo clube, pelas pessoas. Estou feliz. Quando falo de projeto, isso não envolve só o contrato, negociação financeira... Projeto envolve entorno. Sempre estou colocando que aonde a gente passa, queremos deixar algo. Para mim deixar algo, tem que ter um projeto", completou.

LEIA MAIS

Veja onde assistir ao vivo Náutico x CSA pela Série B

Em duelo de campeões estaduais, Náutico inicia caminhada na Série B diante do CSA, nos Aflitos

E o projeto de Hélio no Náutico não envolve apenas a questão técnica dentro de campo. De acordo com o treinador, é importante fortalecer a estrutura do clube cada vez mais para que os frutos dos resultados do Timbu sejam colhidos de forma sólida. Além disso, o comandante alvirrubro reforçou a importância de deixar um legado para o seu substituto, afirmando que não quer deixar o Náutico sem ter acontecido nada enquanto ele esteve ali.

"O projeto que falo é a gente ir revitalizando o clube sempre, porque daqui a pouco tecnicamente dentro do campo você entra para primeira divisão. E aí? Será que vai ter estrutura para se manter na primeira divisão? São coisas importantes de frisar. Mais do que nunca, quando falo de projeto, envolve tudo isso. Tenho o direito de colocar dessa forma, como também tenho obrigação de orientar o clube daquilo que pode melhorar. O Náutico é muito grande de camisa, de representatividade, e nós precisamos também ser maiores internamente, estruturalmente. Nós precisamos sempre da melhora e é isso que eu procuro dentro do meu trabalho", finalizou.

Após o conquistar o Campeonato Pernambucano, o Náutico agora concentra forças para a Série B. E o Timbu já estreia nesta sexta-feira, nos Aflitos, diante do CSA, às 21h30. Depois de uma Segunda Divisão abaixo das expectativas iniciais em 2020, o Alvirrubro quer esse tão sonhado acesso à Série A – o último foi em 2011.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Últimas notícias