Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Manchester City x Chelsea: novos ricos decidem título da Champions League

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 29/05/2021 às 10:51
City vive momento muito bom na temporada. Foto: AFP
City vive momento muito bom na temporada. Foto: AFP
Leitura:

A final da Liga dos Campeões entre Manchester City e Chelsea, neste sábado (29), às 16h, vai colocar frente a frente no estádio do Dragão dois novos ricos do futebol mundial. Os muito abastados donos do City, dos Emirados Árabes, agora veem de perto a conquista do torneio que os assombra desde que chegaram à entidade em 2008.

LEIA MAIS

> Saiba onde assistir ao vivo a final da Champions League

> Kanté e a viagem da periferia parisiense ao topo da Europa

> Manchester City x Chelsea: um duelo 100% inglês decide a Liga dos Campeões

O seu homólogo no Chelsea, o empresário russo Roman Abramovich, já sabe o que é ganhar o título europeu: os londrinos ergueram a taça em 2012.  Os Blues, comprados em 2003, se tornaram então o primeiro clube 'novo rico' a conquistar a Liga dos Campeões. Nove anos depois, o Chelsea pode alcançar seu segundo triunfo no grande torneio. Enquanto fazem a contagem regressiva para a final, seus torcedores procuram pontos em comum entre a geração atual e o grupo vencedor de Didier Drogba.

Juntos, Manchester City e Chelsea investiram quase R$ 10 bilhões na montagem dos elencos para a temporada. A contratação do português Ruben Dias para a zaga do City solidez. O Manchester City tem impressionado desde dezembro e nesta temporada já conquistou a Premier League e a Copa da Liga Inglesa.

Similaridades com 2012

Como em 2012, antes de enfrentar o Bayern em Munique na final, o Chelsea não se apresenta como favorito.  "Talvez sejamos o 'outsider'. Mas isso é decidido em um jogo", desafia o meia Mateo Kovacic.

Outra semelhança com a temporada 2011-2012 é que o Chelsea teve uma mudança de treinador no meio da temporada. Tuchel substituiu Frank Lampard em janeiro. Depois foi o italiano Roberto Di Matteo quem levou os londrinos ao título depois de substituir André Villas-Boas.

Apesar de alguns sintomas de cansaço nesta reta final de temporada, com três derrotas nos últimos quatro jogos - incluindo a da final da Copa da Inglaterra contra o Leicester (1-0), o Chelsea tem forte confiança por ter batido o Manchester City duas vezes nas últimas semanas: em 17 de abril na Copa da Inglaterra (1-0) e depois no dia 8 de maio na Premier League (2-1).

"Esta é outra competição", alertou Guardiola.  "O City é a referência. Talvez seja o melhor time do mundo no momento", avalia Tuchel.  Neste sábado, em Portugal, apenas um dos dois será o campeão.

Últimas notícias