Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Tendo o acesso como principal objetivo, Santa Cruz estreia na Série C contra o Manaus

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 30/05/2021 às 8:07
O técnico Bolívar busca sua primeira vitória no comando do Santa. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
O técnico Bolívar busca sua primeira vitória no comando do Santa. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

É hora de virar a página. Depois de um início de temporada melancólico, com erros no planejamento, o Santa Cruz inicia a caminhada na Série C do Campeonato Brasileiro em busca do principal objetivo do ano: conquistar o acesso. E o caminho para retornar à Segundona após quatro anos inicia neste domingo (30), diante do Manaus, às 18h, na Arena da Amazônia, em confronto válido pela 1ª rodada da competição. O Tricolor volta a campo depois de exatos 21 dias, onde passou por uma intertemporada de preparação e ajustes visando a estreia na Terceira Divisão.

Durante 10 dias, o Santa Cruz se concentrou no bairro de Aldeira, em Camaragibe, na Zona Metropolitana do Recife, para que o técnico Bolívar pudesse fazer ajustes em busca de um maior entrosamento entre os atletas corais. Ao todo, foram 20 dias de preparação, onde o comandante Tricolor considerou como "um tempo bem importante" para estrear de forma positiva.

"Contando desde a nossa eliminação no Pernambucano até a estreia na Série C, nós tivemos praticamente 21 dias de muito trabalho, de força, trabalho técnico, tático, fazendo todos os ajustes para fazer uma grande estreia. Então esse tempo foi necessário sim, e foi também um tempo importante para os atletas readquirir a confiança. A gente sabe o quanto é importante fazer uma grande estreia, um grande jogo, e eu não tenho dúvidas que esses atletas estão preparados para estrear com o pé direito nessa Série C", afirmou o técnico em entrevista coletiva.

LEIA MAIS:

Condicionamento físico e reforços: os 20 dias de preparação do Santa Cruz para estreia na Série C

“Vou dar a vida por esse clube”, diz lateral Weriton, do Santa Cruz

Blog do Torcedor no Ar ao vivo com um raio-x da Série B e as últimas de Náutico, Sport e Santa Cruz

Alexandre Gallo diz que espera pagamento de dias trabalhados no Santa Cruz

Desde que chegou ao Arruda, Bolívar comandou o Santa Cruz em três jogos com dois empates e uma derrota. Naquele momento, optou por não fazer mudanças drásticas na equipe que disputava a reta final do Pernambucano. Agora, no entanto, o técnico acredita que o time "terá a sua cara" dentro de campo. "Tivemos esse tempo para trabalhar e a gente vai colocando aos poucos a nossa identidade, os nossos conceitos e os atletas vem assimilando isso muito bem. Sem dúvidas nenhuma que é uma estreia já com a cara do Santa Cruz, com o perfil do clube, de uma equipe competitiva dentro de campo, que vai buscar o gol durante os 90 minutos e vai buscar fazer uma grande estreia na competição", projetou.

Com as possíveis mudanças, o Tricolor deve entrar em campo com um novo esquema e algumas novidades no time titular, já que o time ganhou reforços nas últimas semanas. Diferentemente do 4-3-3 utilizado anteriormente, Bolívar deve optar por um meio-campo mais reforçado, com três volantes, um meia de criação e o ataque composto por dois jogadores. Assim, a tendência é de ao menos um reforço seja utilizado em cada setor. Na defesa, devem entrar Weriton e Julinho nas laterais, e Hebert na zaga formando dupla com Breno Calixto. O meio, por sua vez, deve ter Augusto César, Karl, Vitinho e Chiquinho, com Lucas Batatinha e Pipico no ataque.

ADVERSÁRIO

Por sua vez, o Manaus chega embalado para o duelo de estreia após conquistar o título do Campeonato Amazonense no último sábado. E terá no banco de reservas um velho conhecido da torcida coral: Marcelo Martelotte. O comandante foi anunciado depois do Estadual e fará sua estreia neste domingo. Dentro de campo, o maior destaque é o atacante Diego Rosa, artilheiro do clube na temporada com 13 gols.

FICHA DO JOGO

Manaus: Gleibson, Edvan, Luis Fernando, Márcios Passos e Assis; Vinicius Barba, Annderson e Gabriel; Erivelton, Vanilson e Diego Rosa. Esquema: 4-3-3. Técnico: Marcelo Martelotte.

Santa Cruz: Jordan, Weriton, Breno Calixto, Hebet e Julinho; Augusto César, Karl, Vitinho e Chiquinho; Lucas Batatinha e Pipico. Esquema: 4-4-2. Técnico: Bolívar.

Horário: 18h.

Local: Arena da Amazônia.

Árbitro:  Marcos Mateus Pereira.

Assistentes: Cícero Alessandro de Souza e Ruy César Lavarda Ferreira.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias