Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Atuando pelo Sport, André atinge marca de 30 gols em Série A

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 31/05/2021 às 11:16
André é o terceiro maior artilheiro do Sport na Série A de pontos corridos. Foto: Anderson Stevens/Sport
André é o terceiro maior artilheiro do Sport na Série A de pontos corridos. Foto: Anderson Stevens/Sport
Leitura:

O atacante André, autor do gol que deu ao Sport o empate contra o Internacional, atingiu uma marca expressiva. Atuando pelo Rubro-Negro da Ilha do Retiro, somando as suas três passagens, o centroavante chegou aos 30 gols em Série A, sendo necessário 65 jogos na elite do futebol brasileiro para alcançar esses números. Essa quantidade de tentos, aliás, deixam André como terceiro maior artilheiro da história do Sport na Primeira Divisão a partir de 1971, ficando atrás de Leonardo, com 33 gols, e Diego Souza, que tem 38 e está no topo da lista.

"Não canso de falar que eu volto para cá porque aqui é um lugar onde eu me sinto à vontade e isso reflete no campo. Não esperávamos tomar esses dois gols. A gente vinha bem na partida e aí um pênalti, desequilibrou, depois um gol de bola parada, no finalzinho [do primeiro tempo]. Acho que a gente está de parabéns hoje. O time não desistiu, foi até o final. Vir aqui, estar perdendo por 2×0 e empatar o jogo… está todo mundo de parabéns", disse André, em entrevista ao Sportv após a partida.

LEIA MAIS

Para Louzer, Sport teve saldo positivo no empate com Internacional pela estreia no Brasileirão

Veja os gols do Sport no empate com o Internacional na estreia do Brasileirão

“Volto para cá porque é um lugar onde me sinto à vontade”, diz André após salvar Sport de derrota para o Inter

Sport arranca empate do Internacional na estreia da Série A do Brasileirão

Em 2015, na primeira passagem pelo Sport, André marcou 13 gols em 29 jogos, sendo peça fundamental para o Rubro-Negro fazer a melhor campanha da sua história na era de pontos corridos da Série A, ficando em 6º lugar e muito perto da Libertadores - na época só era G4, virou G6 no ano seguinte. Já em 2017, no seu segundo ano atuando pelo Rubro-Negro na Primeira Divisão, o atacante marcou 16 gols em 35 jogos, terminando como vice-artilheiro da competição.

Agora, na terceira passagem, o atacante precisou de menos de 45 minutos para marcar primeiro gol na Série A de 2021, o que foi o seu 30º atuando pelo Rubro-Negro na Ilha do Retiro na elite do futebol brasileiro. Faltando 37 partidas e André tendo status de titular absoluto, fica a expectativa para saber se ele vai fazer um bom campeonato, assim como em 2015 e 2017, e também conseguir passar Diego Souza, que hoje é o maior artilheiro do Sport na era de pontos corridos da Série A, tendo vantagem de oito gols para André - placar está 38x30.

"Não tenho meta. Botar meta é complicado, mas quero fazer bastante gols. Volto tentando bater recordes. Sei que Diego (Souza) está próximo (como maior goleador do clube na Série A). Já estou vendo ele e vou tentar passar. Não sei se agora ou no próximo ano, mas minha meta principal é passar Diego. Se ele não voltar logo, demorar, vou passar ele rápido. Fica o recado para ele", afirmou André, em sua entrevista de apresentação.

O próximo compromisso do Sport é no domingo (6), diante do Atlético Mineiro. O confronto está marcado para 20h30 e acontece na Ilha do Retiro.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Últimas notícias