Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Morre lendário locutor esportivo Januário de Oliveira, aos 81 anos

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 31/05/2021 às 20:32
Januário tinha 81 anos e passou 11 dias internado em um hospital de Natal. Foto: Reprodução/Twitter
Januário tinha 81 anos e passou 11 dias internado em um hospital de Natal. Foto: Reprodução/Twitter
Leitura:

Morreu nesta segunda-feira o locutor esportivo Januário de Oliveira, aos 81 anos, em Natal, no Rio Grande do Norte. O narrador, que enfrentava problemas decorrentes da diabetes há vários anos, esteve internado por 11 dias e sofreu uma parada cardíaca em um hospital na capital potiguar, enquanto tratava de uma pneumonia.

Icônico locutor, Januário de Oliveira faz parte da história das transmissões esportivas no Brasil. Criador de célebres frases e bordões, trabalhou muitos anos em rádios gaúchas até se transferir para a televisão, onde marcou época narrando na Bandeirantes e TVE grandes jogos das equipes do futebol carioca.

Januário era dono de frases famosas, como "Tá aí o que você queria, bola rolando...", "Cruel, muito cruel", "Ele sabe que é disso, é disso que o povo gosta", "Eeee o gol...".

Nascido em Alegrete, no Rio Grande do Sul, Januário de Oliveira começou a trabalhar ainda na década de 1950 e ficou no ar até 1998, quando se viu obrigado a parar de narrar devido à cegueira causada pela diabetes. Mantinha em Natal, onde vivia com a família, alguns projetos de locução esportiva. No estado gaúcho, Januário trabalhou nas rádios Farroupilha e Cultura de Begé. No Rio, passou pelas rádios Mauá, Nacional e Globo.

Últimas notícias