Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Hélio dos Anjos prevê Série B equilibrada em 2021

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 01/06/2021 às 17:31
Hélio frisou que todas as equipes vão ter que jogar muita bola no campeonato. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Hélio frisou que todas as equipes vão ter que jogar muita bola no campeonato. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Com equipes como Cruzeiro, Botafogo, Vasco, Goiás e Coritiba na disputa, a Série B do Campeonato Brasileiro de 2021 tem sido classificada com a "super Série B". A presença de equipes tradicionais do futebol, que costumam aparecer com frequência na elite, tem dado peso maior à segunda divisão nesta temporada. Entretanto, na avaliação do técnico Hélio dos Anjos, comandante do Náutico, a competição vai ser equilibrada.

LEIA MAIS 

>> Kevyn encaminha acerto com o CSA após ter rescisão publicada no BID; Náutico tenta reverter

>> Peça importante no Náutico, Rhaldney continua com dores e ainda não tem previsão de retorno

>> Recuperado de lesão, Álvaro fica à disposição no Náutico e projeta retorno da ‘boa fase de 2019’

"Ninguém é bobo mais no futebol de achar que a camisa do Vasco, do Cruzeiro, do Botafogo, vai ganhar jogos sem jogar. Vai ter que jogar muito, como todos os times vão ter que jogar muito", disse em entrevista ao programa Fórum Esportivo, da Rádio Jornal, na última segunda-feira (31). Hélio frisou que as equipes apontadas como favoritas devem estar pensando também na dificuldade que vão ter pela frente.

O Náutico de Hélio dos Anjos vem de um bom início de temporada, com a conquista do título Estadual e um desempenho animador e estreou com vitória no Brasileiro, ao vencer o CSA por 1x0, no estádio dos Aflitos, na última sexta-feira (28). O treinador, por sua vez, espera que o seu time mantenha a consistência de jogo no decorrer da competição, lembrando que a Série B é um campeonato de pontos corridos, longa e com um calendário apertado em alguns momentos.

"Nós precisamos, naturalmente, de mais algumas aquisições de atletas para dar um suporte para a temporada porque envolve uma dificuldade muito grande com o calendário, número de jogos, viagens e a condição de a competição ter que acabar em novembro. Você precisa ter um elenco muito bem preparado e competitivo", pontuou.

Depois da vitória sobre o CSA na primeira rodada da Série B, o Náutico teve três dias de folga e se reapresentou nesta terça-feira (1º), para iniciar os trabalhos com foco no Vitória, próximo adversário na competição.

Últimas notícias