Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Após queda no Estadual, Central estreia contra o América-RN na Série D visando salvar a temporada

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 05/06/2021 às 8:03
Júnior Baiano vai comandar o Central na Série D. Foto: Divulgação
Júnior Baiano vai comandar o Central na Série D. Foto: Divulgação
Leitura:

Agora é tudo ou nada. Depois de ter sido rebaixado no Campeonato Pernambucano, o Central estreia neste sábado (5) na Série D do Campeonato Brasileiro com a missão de tentar salvar a temporada e evitar um calendário enxuto em 2022, com apenas a Série A2 Estadual. E o primeiro desafio será fora de casa, contra o América-RN, na Arena das Dunas, às 15h. A competição é de suma importância para a Patativa, que apesar de todas as dificuldades vivenciadas em 2021, ainda sonha com um acesso à Série C.

A partida marca também a estreia do técnico Júnior Baiano no comando do Central. Há pouco mais de 15 dias em Caruaru, o ex-jogador de 51 anos com passagem pela Seleção Brasileira e por clubes como São Paulo, Flamengo e Palmeiras, será o responsável por tentar encontrar um rumo na temporada caótica da Patativa, que caiu de divisão no Estadual e também passou por uma grande reformulação no elenco visando a competição nacional, que começa neste sábado para os alvinegros. Além disso, os conflitos internos na gestão têm atormentado o desempenho do clube. 

LEIA MAIS:

Ex-zagueiro, Júnior Baiano é apresentado como novo treinador do Central

Ameaças ao presidente e pichações no Lacerdão: Revolta após queda do Central para Série A2 do Pernambucano

Sete de Setembro vence o Retrô e garante permanência na Série A1 do Pernambucano; Central e Vitória são rebaixados

Por falar em reformulação, o Central acertou com jogadores que se destacaram nos últimos anos no futebol pernambucano. O zagueiro Danilo Quipapá, que foi vice-campeão em 2018 do Estadual em 2018 com a Patativa, está de volta. O alvinegro também apostou no lateral-direito Sinho e no atacante Muller Fernandes, ambos campeões do Pernambucano em 2020 com o Salgueiro, e no atacante Pedro Maycon, destaque do Vera Cruz na atual temporada, mas que já passou pelo Central em 2019. Além deles, O clube ainda contratou o zagueiro Patrick, filho do técnico Júnior Baiano.

A participação do Central na Série D, inclusive, é fruto da desistência do Salgueiro, que optou por não participar da competiçaõ devido as dificuldades financeiras. Com isso, a Patativa herdou a vaga. No grupo 3, além do América-RN, o clube caruaruense também vai encarar o ABC, Atlético-CE, Campinense, Caucaia, Sousa e Treze. Todas as equipes se enfrentam em jogos de ida e volta. Os quatro melhores de cada chave avançam para a segunda fase da competição.

A segunda fase já conta com o primeiro mata-mata entre os 32 envolvidos. Os 16 melhores garantem vaga nas oitavas de final da Série D. Em seguida, os oito melhores disputam, novamente em outra fase eliminatória, os quatro clubes que vão estar na Série C em 2021. Na semifinal, já com todo mundo classificado à terceira divisão, o Brasil vai conhecer os finalistas. E, claro, depois vem a final para saber quem será o campeão da quarta divisão nacional.

Últimas notícias