Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Em um intervalo curto na Série B, sequência de jogos do Náutico preocupa o técnico Hélio dos Anjos

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 05/06/2021 às 10:28
O Timbu terá uma média de um jogo a cada três dias. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
O Timbu terá uma média de um jogo a cada três dias. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Começando na próxima segunda-feira (8), contra o Vitória, em Salvador, o Náutico terá uma sequência desgastante na Série B do Campeonato Brasileiro. Serão oito jogos em um intervalo de 24 dias, uma média de um jogo a cada três dias. Além disso, metade dessas partidas será fora de casa, o que soma viagens ao pouco de tempo para descanso e treinos. Dessa forma, o técnico Hélio dos Anjos está preocupado com a recuperação física do elenco.

LEIA MAIS 

>> Com sequência dura na Série B, zagueiro do Náutico quer somar pontos fora de casa

>> Com foco em ‘projeto longo’, Hélio dos Anjos ressalta importância de renovação com o Náutico

Apesar de reconhecer que há preocupação com as condições físicas do elenco ao encarar tantos jogos sem tempo ideal para recuperação, o técnico do Náutico se recorda de um passado recente e busca nele otimismo. No início deste ano, mas ainda concluindo a Série B de 2020, os alvirrubros chegaram a ter uma sequência de 11 jogos em 33 dias, a mesma média de um a cada três dias, e nessa ocasião ainda estavam tentando escapar do rebaixamento.

>> Confira as comemorações dos alvirrubros no 23º título Pernambucano do Náutico

"No pior momento da vida do Náutico nos últimos anos nós pegamos uma sequência idêntica a essa. Pior ainda. Foi buscando recuperação na competição. Lembro que quando chegamos aqui foram 11 jogos em 33 dias. Esse ano nós não tivemos a oportunidade de ter uma sequência muito grande jogos, mas, acima de tudo, na cabeça dos jogadores, está muito viva a nossa condição e o nosso rendimento esse ano mesmo. Porque esse calendário que citei foi em janeiro e fevereiro. Nós vamos estar preparados", disse.

>> Hélio dos Anjos pede ajuda dos alvirrubros para comprar equipamento para o Náutico

A condição e o rendimento a que Hélio se refere estão relacionadas ao bom início de temporada dos alvirrubros, que já foi embalado pela reta final da Série B de 2020. Desde a chegada do treinador, o Náutico conseguiu se livrar do rebaixamento, passou a apresentar um futebol mais consistente, se manteve líder de todo o primeiro turno do Campeonato Pernambucano e conseguiu conquistar o título da competição. Não menos importante, a equipe ainda estreou com vitória na Série B - contra o CSA, nos Aflitos, por 1x0.

Vai ser puxado, mas o comandante segue confiante. "Estou fazendo todos os meus trabalhos usando os jogadores, na parte tática principalmente porque nós vamos precisar de todos", disse. "A gente se preocupa são com as escoriações de jogo. Quando você tem escoriação de jogo e está jogando de domingo a domingo, não tem tempo para recuperar o jogador. Quando tempos jogos seguidos com viagens, essa recuperação pode não ser a ideal, mesmo a gente contando com o ótimo equipamento que tem agora no departamento médico, na fisioterapia. Com toda estrutura que a gente tem, eu preocupo sim, mas eu tenho muita confiança que o nosso rendimento vai até melhorar com essa sequência", completou.

Veja a sequência dos próximos oito jogos do Náutico na Série B:

Vitória, segunda-feira (8), no estádio Barradão

Guarani, sexta-feira (11), no estádio Brinco de Ouro

Vila Nova, terça-feira (15), no estádio dos Aflitos

Botafogo, domingo (20), no estádio dos Aflitos

Londrina, quarta-feira (23), no estádio do Café

Remo, sábado (26), no estádio dos Aflitos

CRB, terça-feira (29), no estádio Rei Pelé

Operário, sexta-feira (2), no estádio dos Aflitos

Últimas notícias