Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Camutanga e Wagner Leonardo elevam nível da zaga e tornam-se pilares no sistema defensivo do Náutico

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 08/06/2021 às 15:20
Camutanga e Wagner Leonardo são os zagueiros titulares no Náutico. Foto: Tiago Caldas/CNC
Camutanga e Wagner Leonardo são os zagueiros titulares no Náutico. Foto: Tiago Caldas/CNC
Leitura:

O setor defensivo do Náutico tem se destacado positivamente neste início de Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar do recorte pequeno, com apenas dois jogos, o Timbu ainda não levou gol na competição, após uma sequência de 10 jogos seguidos sendo vazado no Campeonato Pernambucano. O desempenho, ainda em fase de consolidação, deve-se, especialmente, ao bom momento que vive a dupla de zaga composta por Camutanga e Wagner Leonardo.

No segundo jogo sem sofrer gols na Série B, os zagueiros tiveram mais uma boa atuação e foram incontestáveis no triunfo diante do Vitória-BA, que terminou com o placar de 1x0 para o Timbu. A performance, inclusive, recebeu elogios do comandante alvirrubro, Hélio dos Anjos. "Eles são dois jogadores rápidos, ágeis, muito bom no jogo agressivo, de corpo a corpo, e além de tudo, uma ótima saída de bola. Vejo eles com uma qualidade muito boa, com consistência. Por serem jogadores rápidos e técnicos para função, faz com que eles mantenham esse nível de atuação", avaliou.

LEIA MAIS:

>> Equilíbrio ofensivo e defensivo do Náutico agrada Hélio dos Anjos

>> Náutico derrota o Vitória na segunda rodada da Série B do Brasileirão

>> Erick destaca Náutico impondo ritmo de jogo tanto dentro quanto fora de casa

>> Em um intervalo curto na Série B, sequência de jogos do Náutico preocupa o técnico Hélio dos Anjos

Hélio dos Anjos ainda fez questão de destacar a importância da organização tática de todo o time, que ajuda a potencializar as qualidades individuais dos jogadores, entre eles, Camutanga e Wagner Leonardo. "Temos que levar em conta que a estrutura da equipe oferece para eles uma condição muito boa. Hoje (segunda-feira), inclusive, após o gol que nós fizemos, a consistência defensiva desde os atacantes até os zagueiros foram fundamentais para gente conseguir o resultado. Eu, naturalmente, gostei e continuo gostando dessa dupla de zaga. Estou sempre falando para o grupo a importância de não tomar gols numa competição de regularidade como essa", concluiu.

Camutanga e Wagner Leonardo passaram a formar a zaga titular do Náutico na partida de ida da final do Campeonato Pernambucano, contra o Sport, após um desempenho abaixo do esperado do antigo titular Ronaldo Alves. De lá para cá, ambos permanecem nos onze iniciais. O primeiro é uma peça chave do time, onde chegou em 2018, como uma aposta. Desde então, conquistou três títulos em quatro finais disputadas, além de ter ultrapassado a marca de 100 jogos com a camisa do Náutico. Wagner, por sua vez, chegou nesta temporada por empréstimo do Santos e logo se consolidou na equipe titular por sua qualidade técnica e polivalência.

Últimas notícias