Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Com chegada discreta no Santa Cruz, goleiro Marcão tem nome publicado no BID

Blog do Torcedor
Blog do Torcedor
Publicado em 08/06/2021 às 17:40
Marcão, ex-Náutico, é o novo reforço do Santa Cruz. Foto: Léo Lemos/Náutico
Marcão, ex-Náutico, é o novo reforço do Santa Cruz. Foto: Léo Lemos/Náutico
Leitura:

Contratado na última semana pelo Santa Cruz, a pedido do técnico Bolívar, o goleiro Marcão, de 29 anos, já pode pintar nas próximas partidas da Cobra Coral, ao menos no banco de reservas. Isso porque o atleta teve seu nome publicado no BID da CBF e já está regularizado para atuar na Série C do Campeonato Brasileiro.

Tendo a contratação bastante questionada pela torcida Tricolor, Marcão não teve uma recepção tão "celebrada" quanto aos dos últimos reforços. O goleiro, inclusive, nem anunciado pelas redes sociais do clube foi.

Leia Mais

>> Titular contra o Floresta, Caetano se diz mais maduro e confiante para ajudar o Santa Cruz

>> Frank projeta melhora do Santa Cruz na Série C: “Podemos evoluir ainda mais”

>> Bolívar projeta Santa Cruz ‘crescendo no momento certo’

Ex-goleiro do Náutico em 2020, Marcão vem para sua segunda passagem pelo futebol pernambucano, mas sem muitas grandes atuações até aqui. Com a camisa do Timbu, o goleiro atuou em apenas cinco partidas até ir para o Vila Nova na mesma temporada, onde trabalhou com Bolívar e participou de apenas quatro jogos. Nesta temporada, o goleiro atuou em 12 partidas pelo Uberlândia no Campeonato Mineiro e sofreu 16 gols.

Ítalo-brasileiro, Marcão começou sua carreira no futebol italiano, quando defendia o Treviso pelas categorias de base até ser contratado pela Fiorentina. O atleta também defendeu o Pro Vercelli e o Sorrento, também da Itália. O goleiro também tem passou pelo futebol croata, vestindo a camisa do NK Istra Pula, e depois veio para o Brasil, onde defendeu o Rio Claro, Paranavaí, Operário-MT, Interporto e Brasil de Pelotas, antes de chegar ao Náutico em 2020.

Últimas notícias