Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

GÊNIO

Inigualável: Relembre os recordes de Messi, que completa 34 anos nesta quinta

Em concentração com a Seleção Argentina, Messi completou 34 anos nesta quinta-feira (24)

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 24/06/2021 às 13:12
Notícia
FRANCK FIFE/AFP
Messi é o único jogador a ter seis Bolas de Ouro. - FOTO: FRANCK FIFE/AFP
Leitura:

Em dia de comemorações juninas, o fã de futebol também poderá celebrar o aniversário de um dos maiores jogadores da história da modalidade. Ídolo do Barcelona e Seleção Argentina, Lionel Messi completou 34 anos nesta quinta-feira (24) e mostrou o quão duradoura pode ser a sua genialidade dentro das quatro linhas.

Dono de seis Bolas de Ouro, Messi começou sua carreira profissional já aos 17 anos, quando ganhou sua primeira oportunidade de entrar numa partida com a camisa do Barcelona. Na época, Ronaldinho Gaúcho vestia a 10 do clube catalão. Mas ainda antes disso, o argentino estava sendo "criado" pelo Newell’s Old Boys, até ser contratado pelas categorias de base do Barça em 2000.

Sua estreia aconteceu no dia 16 de outubro de 2004, na partida contra o Espanyol pelo Campeonato Espanhol. Mas o argentino só veio marcar seu primeiro gol na sua oitava partida com a camisa do Barcelona, no dia 1º de maio de 2005. O Albacete acabou sendo a primeira vítima de Messi, que surgia como uma grande promessa Blaugrana.

Apesar de não ter vencido nenhum título pela seleção principal da Argentina, o camisa 10 não deixa de sentar ao lado de Maradona na bancada dos maiores da história da Albiceleste. Ainda no início da sua carreira profissional, Messi estreou pela sua seleção nacional no dia 17 de agosto de 2005, em amistoso contra a Hungria. Seu primeiro gol também foi em um amistoso, dessa vez contra a Croácia, no dia 1º de março de 2006. O argentino fazia a sua sexta partida pela seleção. Era o início do que se tornaria uma lenda do futebol mundial.

Números históricos

Aos 34 anos, Lionel Messi chegou aos 672 gols marcados em 778 partidas com a camisa do Barcelona, assim sendo o maior artilheiro e atuante com a camisa do clube catalão. Já com a Argentina, o camisa 10 igualou Javier Mascherano na última segunda-feira (21) e chegou aos 147 jogos disputados pela seleção, se tornando o atleta que mais atuou pela Albiceleste. Além disso, Messi também é o maior artilheiro da história da Argentina, com 73 gols marcados.

São 745 gols em 925 partidas oficiais disputadas. Para completar, o atacante ainda possui 311 assistências na conta.

Entre esses recordes, Messi também se tornou o recordista em gols numa única temporada ao balançar as redes 91 vezes em 2012. Neste montante, 50 foram apenas na La Liga, o que também o tornou o maior artilheiro em uma única edição da história da competição.

Títulos

Multicampeão com o Barcelona, Messi tem uma imensa prateleira de troféus para chamar 'seu'. Em relação a competições de clubes, o argentino faturou tudo o que disputou:

10 títulos do Campeonato Espanhol
8 Supercopa da Espanha
7 Copa do Rei
4 Champions League
3 Mundial de Clubes
3 Supercopa da UEFA

Pela seleção, entretanto, o atacante não conseguiu feitos que não tenha sido com as categorias inferiores, mas ainda sim, teve conquistas relevantes para a carreira:

1 Medalha Olímpica em 2008/09
1 Copa do Mundo Sub-20 em 2005

Prêmios Individuais

A lista de prêmios individuais é ainda mais extensa, mas entre os mais importantes, estão:

Bolas de Ouro da FIFA (2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019)
Melhor jogador do mundo pela FIFA (2009, 2019)
Prêmio Laureus do Esporte Mundial de atleta masculino do ano (2020)
Melhor Jogador da UEFA na Europa (2010–11, 2014–15)
Chuteira de Ouro da UEFA (2009–10, 2011–12, 2012–13, 2016–17, 2017–18, 2018-19)
Melhor jogador de clubes da UEFA (2008-09)
Avançado do ano da UEFA (2008-09, 2018-19)
15 Jogador argentino do ano (2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2018, 2019)
Golden Boy (2005)
Melhor atacante da La Liga (2008-09, 2009-10, 2010-11, 2011-12, 2012-13, 2014-15, 2015-16 e 2017-18)
Melhor jogador da La Liga (2017–18)

Além de ter o gol considerado o mais bonito da história do Barcelona, marcado na semifinal da Copa do Rei de 2006/07, contra o Getafe. Confira:

Comentários

Últimas notícias