Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Santa Cruz tem ainda dois atletas no Departamento Médico

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 13/06/2021 às 8:02
O atacante Pipico teve apenas um desconforto no joelho. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz
O atacante Pipico teve apenas um desconforto no joelho. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz
Leitura:

O Departamento Médico do Santa Cruz pode estar perto de esvaziar. A maioria dos atletas que estavam sob os cuidados da equipe médica do clube foi liberada para o departamento físico e, em breve, deve estar à disposição do técnico Bolívar. Ainda em tratamento no DM estão o volante Augusto César e o goleiro Geaze.

Segundo o médico Wilton Bezerra, Augusto César teve uma pequena lesão na panturrilha e Geaze também uma pequena lesão, só que na parte inferior da coxa. "Esses dois atletas, no máximo, em mais cinco ou seis dias, serão entregues ao departamento físico", disse.

LEIA MAIS 

>> Santa Cruz decreta luto de três dias pela morte de Marco Maciel, tricolor de corpo e alma

>> Bolívar e auxiliar técnico testam positivo para covid-19 e ficam fora de Ferroviário x Santa Cruz

>> Wallace e Batatinha voltam a treinar e podem estrear no Santa Cruz diante do Ferroviário

Os atacantes Wallace Pernambucano e Lucas Batatinha foram liberados para a transição. O atacante Pipico teve um desconforto no joelho, passou por exame de imagem, não foram identificadas lesões e o atleta está treinando normalmente. O lateral-esquerdo Leonan está na transição há mais de uma semana e o atacante Madson teve um entorse antes da partida contra o Floresta, teve incômodo, mas na segunda-feira passada já estava treinando normalmente.

Coronavírus

O técnico Bolívar e o auxiliar técnico Patrício testaram positivo para a covid-19, segundo informou o Santa Cruz na última sexta-feira (11). Wilton Bezerra contou ainda que ambos estão assintomáticos, mas seguem cumprindo isolamento social como deve ser feito.

"O protocolo da CBF exige que sejam dez dias nas pessoas que estão assintomáticas e eles estão muito bem. Mas positivou e a partir do dia que foi feito [o teste], que foi feito ontem [sexta-feira, 11] tem dez dias para voltar às atividades", reforçou o médico coral.

Últimas notícias