Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

NA BRONCA COM A CBF

Joaquim Bezerra critica mudança do local do jogo entre Santa Cruz e Floresta: "Política dentro da CBF"

Mandatário do Santa Cruz afirmou que clube vai seguir lutando para que o jogo volte para o estádio Vovozão

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 05/08/2021 às 17:38
Notícia
Felipe Ribeiro/JC Imagem
Joaquim Bezerra concedeu entrevista à Rádio Jornal. - FOTO: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

O presidente do Santa Cruz, Joaquim Bezerra, está na bronca com a CBF por conta da mudança no local da partida entre o Tricolor do Arruda e o Floresta, em duelo que acontece no próximo sábado, às 17h, pela 11ª rodada da Série C. O confronto estava marcado inicialmente para estádio Carlos Alencar de Pinto, o Vovozão, que fica em Fortaleza. No entanto, a entidade máxima do futebol brasileiro transferiu o jogo para o Raimundo de Oliveira, o Raimundão, localizado em Caucaia. A alteração correu na noite da última quarta-feira.

Em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, Joaquim Bezerra fez várias críticas contra a CBF, definindo que era uma ação política dentro da entidade. O mandatário do Santa Cruz também revelou que o Tricolor vai brigar até o fim para que a partida contra o Floresta seja realizada no estádio Vovozão, como estava marcado inicialmente.

"Estamos brigando porque a CBF mudou o mando de campo, que era no estádio Vovozão e passou para Caucaia, onde o estádio não tem a menor condição de ter jogo. E a gente sabe que isso é política dentro da CBF. Vamos brigar até o fim para manter o mando de campo no estádio Vozão, em Fortaleza", afirmou Joaquim, que completou dando o seu palpite para a partida. "Arrisco que vamos ganhar este jogo por 2x0", disse o presidente.

Além de acionar um advogado do clube para tentar derrubar essa decisão da CBF, o Santa Cruz também  buscou apoio do presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho.

O que diz o regulamento da CBF sobre alteração do local de jogo?

No artigo 13 do Regulamento Geral de Competições da CBF, que foi publicado no dia 4 de janeiro de 2021, 'as tabelas das competições somente poderão ser modificadas se obedecidas as seguintes condições':

I – encaminhamento formal de solicitação à DCO pela parte interessada, observado que:

a) são consideradas partes diretamente interessadas o Clube mandante, a Federação
mandante e a emissora detentora dos direitos de transmissão;

b) faz-se necessária, em quaisquer dos casos, a análise prévia e aprovação por parte da
DCO.

II – entrega da solicitação referida no inciso I com, pelo menos, 10 (dez) dias de
antecedência em relação à data da programação original da partida.

III – em solicitações de alteração de horário de partida dentro do mesmo dia, e de local
da partida (estádio), desde que na mesma cidade, o prazo para solicitar poderá ocorrer
com, pelo menos, 5 (cinco) dias de antecedência em relação à data da programação da
partida.

§ 1º - Não será autorizada (i) a inversão do mando de campo ou (ii) que uma equipe
mande a partida no estádio habitualmente utilizado pela equipe adversária.

§ 2º - Havendo transferência da partida para outro Estado, cada Federação fará jus à
taxa de 5% (cinco por cento) sobre a renda bruta da partida.

§ 3º - Todas as despesas de partida que eventualmente for transferida para outro Estado
deverão ser arcadas pelo Clube mandante, conforme estabelece o art. 81 deste RGC.

§4º - Em caso de transferência de partida para outro Estado, o Clube mandante deverá
obter, por escrito, a aprovação e concordância de todos os envolvidos, a saber: a
Federação à qual está filiado, a Federação anfitriã e o Clube visitante, cabendo à DCO o
poder de veto, levando em conta os aspectos técnicos e logísticos envolvidos.

§5º - Não será autorizada a transferência de partida para outro Estado nos últimos 5
(cinco) mandos de campo de cada Clube em competições de pontos corridos e nas
últimas quatro fases de competições de caráter eliminatório (mata-mata).

Comentários

Últimas notícias