Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

ANÁLISE DO TREINADOR

Jornalistas paraguaios avaliam Gustavo Florentín, novo técnico do Sport; confira

Paraguaio Gustavo Florentín assinou com o Sport até o fim da temporada e chega com a missão de manter o Rubro-Negro na Primeira Divisão

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 26/08/2021 às 20:06 | Atualizado em 26/08/2021 às 21:56
REPRODUÇÃO/INTERNET
Último clube de Gustavo Florentín foi o The Strongest, da Bolívia - FOTO: REPRODUÇÃO/INTERNET
Leitura:

Com a chegada do técnico Gustavo Florentín ao Sport, muitos torcedores estão curiosos para saber quais as principais características do treinador: modelo de jogo, perfil dentro de campo, currículo e etc. Buscando saber um pouco mais sobre o comandante, a reportagem do Blog do Torcedor conversou com Mauri Caballero e Carlin Correa, ambos jornalistas paraguaios e que trabalham na Tigo Sports e na Rádio Uno, 650 AM, respectivamente. 

Sair da caixinha, sonho de trabalhar no Brasil e referência de empresário; os bastidores da contratação de Florentín pelo Sport

"Ele é um dos treinadores mais trabalhadores e inovadores que temos no Paraguai. É um treinador que gosta de jogo ofensivo, de jogo rápido. Um sistema de 4-3-3, mas não se 'caça' com um sistema, pode variar. É um treinador que preza muito pela disciplina. O último passo aqui no Paraguai não deu muito sorte, nem também no Chile", afirmou Mauri Caballero, em entrevista ao repórter Davi Saboya. 

Gustavo Florentín chega ao Sport com a missão de manter o time na Série A. No momento, o Rubro-Negro é o 18º, tendo apenas 15 pontos. O contexto de salvar uma equipe no campeonato nacional, porém, não será novo para o paraguaio, que já trabalhou em outros clubes em situação semelhante a do Rubro-Negro, segundo o jornalista Carlin Correa. 

"Ele se relaciona muito bem e é respeitoso com o seu plantel. Ele usava o 4-3-3 no Capiatá e Luqueño, assim como em algumas vezes no Guarani. Ele gosta que sua equipe tenha a bola, tentando ser protagonista. É um técnico jovem, com muita projeção e que pode ajudar o Sport. É um técnico que já dirigiu equipes grandes e com responsabilidade de ganhar (títulos) e também equipes em situações como a do Sport, vide o Capiatá, Luqueño e Huachipato. Ele tem a experiência em ambos os lados como treinador". 

Aos 43 anos, Gustavo Florentín passou por vários clubes. Ele iniciou a carreira no Cerro Porteño, tendo comandado o time por 39 jogos. Saiu do Cerro e atuou em outros três times do Paraguai: Sportivo Luqueño (comandou a equipe por nove partidas), Deportivo Capiatá (foi o treinador 34 duelos) e, por fim, no Guarani, onde disputou 40 partidas e ganhou a Copa do Paraguai em 2018, único título que o novo técnico do Sport tem na carreira.

Após anos trabalhando no seu país local, Florentín foi para o Huachipato, do Chile, onde disputou 41 partidas em um trabalho que começou bem, mas depois caiu de rendimento. E aí o treinador voltou para o Paraguai, tendo feito apenas seis jogos no comando do Sol de América. Depois disso, no entanto, acertou com o The Strongest, da Bolívia, onde foi demitido há semanas. Mesmo liderando o Campeonato Boliviano, foi demitido por problemas extracampo, segundo o mesmo informou após sair do clube.

"Gustavo Florentín teve uma boa relação em nosso ambiente. Mas nos últimos anos quis ganhar experiência e aumentar seu currículo no exterior. Passou na Bolívia, no Chile... e agora vai para esta experiência no Brasil, onde está outro treinador paraguaio, que é o Gustavo Moriningo. A sua relação com o Guarani foi boa, no Cerro Porteno e Capiatá também", disse Mauri.

Florentín tem desembarque previsto no Recife nesta sexta-feira, com o planejamento de assistir o jogo diante da Chapecoense, no próximo sábado, diretamente da Ilha do Retiro. O treinador deve estrear à beira do campo no comando do Sport diante do Athletico Paranaense, no dia 5 de setembro.

 

Comentários

Últimas notícias