Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

Arena da Baixada

Na estreia de Florentín, Sport empata com Athletico-PR e continua na zona de rebaixamento do Brasileirão

O duelo foi válido pela 19ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 05/09/2021 às 20:16 | Atualizado em 05/09/2021 às 22:14
ANDERSON STEVENS/SPORT
O Sport apresentou evoluções diante do Athletico-PR na estreia do técnico Gustavo Florentín - FOTO: ANDERSON STEVENS/SPORT
Leitura:

O Sport não saiu do 0x0 diante do Athletico-PR, neste domingo, na Arena da Baixada, em partida válida pela 19ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O duelo marcou a estreia do técnico paraguaio Gustavo Florentín no comando do Leão. Apesar do empate, o time pernambucano apresentou evoluções em campo, principalmente em torno das rápidas transições ofensivas. Mas a expulsão de Hernanes, aos 21 minutos do segundo tempo, atrapalhou a estratégia. 

LEIA MAIS

Confira as escalações de Athletico-PR x Sport e a transmissão da Rádio Jornal

Com o resultado, o Sport segue na zona de rebaixamento, em 18º, com 17 pontos. O próximo jogo do Leão acontece apenas na segunda-feira, da outra semana, no dia 13 deste mês de setembro. O time leonino recebe o Internacional, às 20h, na Ilha do Retiro.

Vale lembrar que cinco jogos da 19ª rodada do Brasileirão foram adiados por causa da convocação de alguns jogadores para a seleção brasileira. Entre eles, os laterais Daniel Alves (São Paulo) e Guilherme Arana (Atlético-MG), o meia Everton Ribeiro (Flamengo) e o atacante Hulk (Atlético-MG).

O JOGO

O Sport realizou um jogo equilibrado com o Athletico-PR. O grande exemplo disso é o início com chances perigosas para os dois lados. Se de um lado Pedro Rocha saiu na cara de Mailson, do outro Hernanes também teve a chance de abrir o placar quando apareceu dentro da grande área de frente para Bento.

O quarteto ofensivo do Sport com Hernanes, Moccelin, Tréllez e André se movimentou bastante. O Leão adotou um estilo reativo, mas com uma rápida transição, sem errar muitos passes. Por outro lado, o calo da defesa continuou sendo Pedro Henrique, que parece ainda não ter se encaixado com Sabino. 

Com as subidas de Zé Welison, a proteção da zaga não foi feita tão bem pelo Sport. Tanto que Marcinho e Bissoli tiveram oportunidades para arriscar de fora da área, assim como Pedro Rocha. 

Depois do intervalo, o segundo tempo começou da mesma forma. Em boa trama ofensiva, Zé Welison chutou de longe e a bola passou perto. Isso logo no início da etapa final. E a resposta do Athletico-PR aconteceu pouco tempo demais. 

Nenhuma descrição disponível.

O Furacão acertou um belo contra-ataque, Pedro Rocha arrancou pela esquerda, cortou para o meia e quase acerta o ângulo de Mailson. A bola passou muito perto. Mas uma expulsão forçou o Sport a mudar a estratégia no confronto. 

Aos 21 minutos, Hernanes foi expulso do jogo. Ele levou o segundo amarelo por reclamação. O meia já tinha se desentendido pouco antes com o árbitro alagoano Dênis Serafim, que relevou até uma "peitada" do experiente jogador. O profeta deixou o campo bastante alterado, chutando copos de água e discutindo com o staff do jogo. 

A expulsão de Hernanes prejudicou o Sport. Isso porque o Leão perdeu força ofensiva e apenas se defendeu para evitar uma derrota. E conseguiu. O Athletico-PR pressionou, mas não teve jeito. Sorte dos leoninos que os defensores estavam em uma noite iluminada. Ainda mais Mailson. No fim, Mikael ainda explodiu a trave do Furacão em chutaço de fora da área.

FICHA DO JOGO - ATHLETICO-PR 0 x 0 SPORT

Athletico-PR - Bento; Marcinho (Khellven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius; Richard (Jader), Erick e Christian (Jadson); Nikão, Bissoli e Pedro Rocha (Renato Kayzer). Técnico: Antônio Oliveira.

Sport - Maílson; Hayner, Pedro Henrique, Sabino e Sander; José Welison, Marcão Silva e Hernanes; Paulinho Moccelin (Everton Felipe), Tréllez (Chico) e André (Mikael). Técnico: Gustavo Florentín.

Local: Arena da Baixada, Curitiba-PR. Árbitro: Dênis da Silva Ribeiro Serafim (AL). Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brígida Cirilo Ferreira (ambos de AL). Cartões amarelos: Nikão (Athletico-PR). Maílson (Sport). Cartão vermelho: Hernanes (Sport).

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Comentários

Últimas notícias