Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

REAL MADRID

Presidente do Real Madrid desabafa contra clubes como Newcastle e PSG; veja

O presidente do Real Madrid não está contente com ''clubes-estado''.

Manuel Dias
Manuel Dias
Publicado em 16/11/2021 às 17:51 | Atualizado em 16/11/2021 às 17:56
FRANCK FIFE / AFP
Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, costuma ser agressivo no mercado de transferências - FOTO: FRANCK FIFE / AFP
Leitura:

Nesta terça-feira (16), o presidente do Real Madrid - Florentino Pérez - durante um evento para sócios do clube - desabafou contra ''clubes-estado'' como o PSG, Manchester City e Newcastle, que são controlados por fundos de investimentos de países diferentes. Com isso, eles possuem um poderio financeiro forte para a concorrência.

''Temos que cumprir os contratos que temos e tentamos sempre trazer bons jogadores, os melhores. Mas você tem que ter também o dinheiro para pagá-los. Agora, você oferece 200 milhões de euros e não te vendem'', disse Florentino.

> Chelsea mira craque do Real Madrid e da seleção brasileira; confira

> Ídolo! Estreia de Messi pelo Barcelona completa 18 anos; confira

Ainda de acordo com o presidente dos galácticos, no passado os cofres do time eram suficientes para montar uma equipe de alta qualidade. Atualmente é difícil concorrer com tantos clubes ricos, como o Newcastle, que foi comprado por R$ 2,2 bilhões.

''O melhor agora é realmente contratar atletas em fim de contrato, porque, no momento, está uma loucura com os 'clubes-estado', que compram todos os jogadores e não te vendem nenhum'', afirmou.

Florentino também disse que luta para que as boas gestões sejam reconhecidas e não o dinheiro de outro país, sem esforços da gestão. Ele está no cargo desde 2009, mas já passou entre 2000 e 2006.

''Eu luto para que as boas gestões sejam premiadas, não o dinheiro que vem de outro país, Vai chegar um momento que os 30 maiores clubes da Europa serão controlados por países. Esse não é o princípio da Comunidade Europeia'', completou.

Siga o Blog do Torcedor no Facebook, no Instagram e no Twitter

Comentários

Últimas notícias