Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

RENOVAÇÃO

"Tia Leila": torcida do Palmeiras exalta presidente do clube após dispensa de medalhões

Palmeiras pode passar por renovação no elenco para a próxima temporada

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 04/12/2021 às 19:48
Notícia
CÉSAR GRECO / PALMEIRAS
Leila Pereira foi recém-eleita presidente do Palmeiras - FOTO: CÉSAR GRECO / PALMEIRAS
Leitura:

Após o título do Palmeiras da Copa Libertadores da América, o torcedor do Verdão começou a celebrar outra coisa nas redes sociais. Agradecendo à "Tia Leila", apelido dado à presidente do clube recém-eleita Leila Pereira, inúmeros palmeirenses viram como positivo a dispensa de medalhões do elenco paulista.

O Palmeiras se despediu o volante Felipe Melo, de 38 anos, neste sábado (4) com publicações de agradecimento nas redes sociais. Além da saída do então capitão do Verdão após cinco anos no clube, o goleiro veterano Jailson, de 40 anos, também foi mais um a dar adeus ao Palmeiras. Esse que vestiu a camisa do clube paulista durante 7 temporadas.

>> Felipe Melo não renova e deixa o Palmeiras após 5 anos

Sobre Leila Pereira

Presidente da Crefisa, do Centro Universitário das Américas (FAM) e gestora de outras 11 empresas do grupo, Leila Mejdalani Pereira tem 57 anos e é natural da cidade de Cambuci, no Rio de Janeiro.

Formada em Jornalismo e Direito, assumiu o comando da Crefisa em 2008. A vocação para os negócios, potencializada pelo incentivo do marido José Roberto Lamacchia, fez com que Leila entrasse no universo empresarial e se tornasse executiva.

O acordo de patrocínio, o maior do futebol sul-americano foi fechado com a Crefisa e a FAM pelo ex-presidente Paulo Nobre em 2015. O dirigente rompeu com Leila posteriormente, mas ela não desfez a parceria. Pelo contrário. Aproximou-se de Galiotte e da Mancha Alviverde, principal torcida organizada da equipe, reforçou alianças, se manteve presente na rotina do clube e preparou o terreno até se tornar presidente.

A empresária participou da reestruturação do Palmeiras e viu o investimento de suas empresas refletir nos títulos da Copa do Brasil de 2015 e 2020 e do Campeonato Brasileiro de 2016 e 2018, além das conquistas do Campeonato Paulista e da Libertadores, ambas em 2020.

Comentários

Últimas notícias