Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

CORINTHIANS

CORINTHIANS: Vitor Pereira fala o que pensa sobre Róger Guedes e clima fica tenso no Timão; veja

Corinthians empatou como São Paulo, em 1x1, neste domingo (22)

Manuel Dias
Manuel Dias
Publicado em 22/05/2022 às 21:36
DIVULGAÇÃO/CORINTHIANS
Róger Guedes vive um momento complicado no Corinthians. - FOTO: DIVULGAÇÃO/CORINTHIANS
Leitura:

Neste domingo (22), o Corinthians entrou em campo para enfrentar o São Paulo, pela Série A do Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena.

Depois de muitas jogadas ofensivas e lances disputados, os times terminaram no empate em 1x1. Calleri marcou para o Tricolor Paulista, enquanto que Adson descontou.

Questionado sobre não utilizar Róger Guedes na partida, o treinador do Corinthians - Vitor Pereira - foi sincero e não titubeou sobre o acha do atacante.

''Não estou sentindo essa confiança, o que não quer dizer que ele não queira. Não disse isso. Nem em termos de treinos, nem de jogos, as indicações são essas. Tenho que tomar minhas decisões não com base no nome do Róger Guedes, não por causa daquilo que ele já fez, mas pelo que ele está fazendo neste momento. Essas são as minhas decisões. Quer em jogo, Quer em treino'', disse Vitor.

Além disso, o comandante do Timão também afirmou que não possui nenhum problema pessoal com os jogadores de sua equipe.

''Não tenho problema pessoal nenhum com nenhum jogador. Estou aqui para ajudá-los e fazer com que melhorem em termos de qualidade. Eu tenho que fazer uma equipe com o que os jogadores me dão nos treinos e nos jogos. O Róger já teve um momento bom, mas agora está com dificuldades de responder, até mesmo em treinos. Em termos de lutar para dar a volta na situação. Isso faz com que eu não sinta confiança para eu poder contar com ele para alterar um jogo ou ser titular'', afirmou o treinador.

''Se me perguntar, eu queria treinar o Liverpool, com todo respeito que tenho ao Corinthians. Aqui não é o que queremos, no meu conceito, em termos de jogo, não é o que queremos, é o que a equipe precisa. Às vezes a equipe precisa do Róger na esquerda, em outras é dele no meio, ou na direita'', completou.

Comentários

Últimas notícias