Fórmula 1
Fórmula 1
Fórmula 1

FÓRMULA 1: Red Bull surpreende e assina com renegado ex-companheiro de Verstappen

Piloto saiu da equipe de forma surpreendente

Victor Peixoto
Cadastrado por
Victor Peixoto
Publicado em 25/06/2022 às 14:06
AFP
Max Verstappen, piloto da Fórmula 1 e líder da temporada de 2022 - FOTO: AFP
Leitura:

Fórmula 1 é um esporte que costuma dar poucas segundas chances a pilotos que não obtém o rendimento esperado e, dentre as equipes que formam o grid, a Red Bull se destaca ainda mais nesse quesito.

Depositando praticamente todas as fichas em Max Verstappen, que assumiu o carro da equipe principal com apenas 18 anos, em 2016, após algumas corridas na Toro Rosso em 2015, quando ainda tinha 17 anos e era menor de idade.

A busca pelo companheiro ideal do holandês se mostrou dura após a saída inusitada de Daniel Ricciardo para a extinta Renault, hoje Alpine, na temporada 2019. Foram duas trocas no meio da temporada antes de encontrarem segurança no mexicano Sergio Pérez.

Renovação surpreendente na Red Bull

Um desses pilotos trocados no decorrer da temporada foi o francês Pierre Gasly, hoje com 26 anos que voltou para a Toro Rosso, atual AlphaTauri e, desde então vive grande pressão na Fórmula 1, que foi amenizada com a vitória em Monza em 2020 e a boa temporada 2021.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Scuderia AlphaTauri (@alphataurif1)

E, apesar de estar oscilando em 2022, ficando, por vezes, atrás de seu companheiro, Yuki Tsunoda, de 22 anos, Gasly teve seu contrato renovado com a AlphaTauri, equipe B da Red Bull até o fim da temporada 2023.

Esta tende a ser a "cartada final" de Gasly na Fórmula 1. Com Sergio Pérez renovando até 2024, parece claro que o destino do francês não será como companheiro de Verstappen, mas, ainda jovem, o piloto pode convencer uma outra equipe, como McLarenAlpine, a ir atrás do seu talento num futuro próximo.

Comentários

Últimas notícias