11
dez

Formato da Superliga Nordeste deve ser modificado em 2016

11 / dez
Publicado por Haim Ferreira às 19:46

Foto: Tato Rocha/JC Imagem
Recife Mariners e João Pessoa Espectros, que se enfrentaram três vezes nesta temporada, só devem duela uma vez em 2016. – Foto: Tato Rocha/JC Imagem

A próxima temporada da Superliga Nordeste de futebol americano está longe do seu início, mas 2016 já começou. Conforme informações apuradas com exclusividade pelo Blog Touchdown, a Liga Nordeste (LINEFA), responsável pela gestão do campeonato, realizará uma série de mudanças no torneio do ano que vem. Confira as principais novidades:

LEIA TAMBÉM:
João Pessoa Espectros divulga detalhes do Brasil Bowl
Recife Pirates muito próximo de anunciar Marcos Crispim
Head coach do Recife Mariners analisa temporada 2015
O Horses perdeu, mas fez o futebol americano ganhar

Visando maior capacitação e unificação nos critério dos juízes, a LINEFA organizará uma clínica de preparação para os árbitros. O curso, coordenado pelo potiguar Leonardo Bezerra, será realizado em módulo único e deve acontecer em três capitais. Maceió, Recife e Natal, por já terem quadros de arbitragem estabelecidos, despontam como os favoritos.

Árbitros farão curso
Arbitragem passará por uma clínica de capacitação. – Foto: Tiago Giordani/Recife Mariners

Se, neste ano, a tabela da Superliga Nordeste não apresentava um padrão, com as equipes tendo intervalos de três a cinco semanas entre os confrontos, na próxima temporada, os duelos manterão uma base fixa. Os jogos, agora, rigorosamente terão três semanas de intervalo de uma para outra. Além disso, os fins de semana de jogos serão intercalados entre uma rodada da Superliga e outra da Liga Nordeste.

Foto: Cassiano Henrique/Recife Pirates
Uma das equipes que mais viajou nesta temporada, o Petroleiros-RN, agora, terá mais tempo para descansar. – Foto: Cassiano Henrique/Recife Pirates

Após o biênio de sucesso coordenado pelo paraibano Felipe Jardim, a LINEFA está sob nova direção. Agora, a gestão da Liga Nordestina será chefiada por Júlio Adeodato, presidente do Recife Mariners. Além do pernambucano, também houve mudança em todas as diretorias. Confira como ficou a conjuntura:

Presidente: Júlio Adeodato (Recife Mariners)
Vice-Presidente: Renato Lobo (Maceió Marechais)
Diretor financeiro: André Ferreira (Ufersa Petroleiros)
Diretor Esportivo: Armando Gomes (Ufersa Petroleiros)
Secretário: Tiago Silva (Vitória)

O presidente do Recife Mariners, Julio Adeodato, é o novo manager da LINEFA. - Foto: Tiago Giordani/Recife Mariners
O presidente do Recife Mariners, Julio Adeodato, é o novo manager da LINEFA. – Foto: Tiago Giordani/Recife Mariners

Em 2016, todos os times filiados à LINEFA serão obrigados a federar os seus atletas à Confederação Brasileira de Futebol Americano. A regra de precisar atuar em, no mínimo, três jogos permanecerá em vigor.

ESPN transmitiu a participação do Brasil na Copa do Mundo de futebol americano. - Foto: Reprodução da Internet
Com os jogadores federados à CBFA, a entidade poderá ter um filtro melhor para selecionar atletas para a seleção brasileira. – Foto: Reprodução da Internet

A principal mudança da Superliga Nordeste em 2016 será o seu formato. Se, nos dois últimos anos, não havia rebaixamentos para a divisão de acesso, no próximo ano, um clube cairá para a Liga Nordeste, enquanto outro subirá para a Superliga.

Além disso, também haverá mudanças nos confrontos entre as chaves adversárias, um dos pontos que mais rendeu nesta temporada. No atual formato da Superliga, cada time enfrentava os três times da sua chave, repetindo um confronto extra com outra equipe de força de tabela semelhante, além de enfrentar dois adversários do outro grupo.

Em 2016, isso não acontecerá mais. Agora, cada clube realizará apenas uma partida contra os times da sua chave e outras três contra três adversários do outro grupo. O objetivo é democratizar os confrontos e nivelar os duelos. Para quem estiver se questionando se isso causará prejuízos financeiros aos clubes, devido às viagens, os custos subirão apenas 8% em relação à 2015.

Como já havíamos adiantado aqui no Blog Touchdown, haverá mudanças na Liga Nordeste de futebol americano, a divisão de acesso à Superliga. A principal novidade ficou por conta da inclusão de Náutico Horses, Olinda Sharks Caruaru Wolves e Arcoverde Templários no quadro de clubes filiados à entidade. Os pernambucanos se juntarão à Maceió Marechais-AL, Roma Gladiadores-CE, Natal Scorpions-RN e Tropa Campina-PB.

Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Olinda Sharks é uma das equipes que deve entrar na Liga em 2016. – Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem


Veja também