07
ago

Mariners goleia Bulls e assume liderança nordestina: 43×0

07 / ago
Publicado por Haim Ferreira às 18:17

Em partida marcada por bastante nervosismo, o Recife Mariners goleou o América Bulls por 43 x 0, este domingo (7), em Natal. A segunda vitória em dois jogos garantiu aos azuis a liderança isolada da Conferência Nordeste da Superliga Nacional de futebol americano.

LEIA TAMBÉM:
Confira como ficou a tabela da Conferência Nordeste
Semana 5: Resultados e tabela atualizada da Superliga Nacional
Extra-points vêm sendo um problema na Superliga Nacional

Os pontos do time pernambucano foram marcados por Julio Acioly (1 TD), Julio Adeodato (1 TD), Ricardo Teixeira (1 TD), Topeira (1 TD), Augusto Bezerra (1 TD) e Rafael Bandeira (3 FG e 4 XP).

Na próxima rodada, marcada para o dia 21 deste mês, o Mariners irá até o Presidente Vargas, em Fortaleza, onde enfrentará o Ceará Caçadores. O Bulls, por sua vez, folgará. O time potiguar só volta a entrar em campo no dia 11 de setembro, quando pegará o João Pessoa Espectros, na Paraíba.

Foto: Haim Ferreira/Blog Touchdown
Foto: Haim Ferreira/Blog Touchdown

Já dizia o velho ditado, o treinamento leva ao exito. Após uma estreia morna com a camisa azul e branca, o quarterback Alex Niznak desequilibrou o jogo para o Recife Mariners. O camisa 10 participou de 41% dos pontos do time pernambucano. Foram três passes para touchdown, 20 passes completos e apenas um sack.

Foto: Haim Ferreira/Blog Touchdown
Foto: Haim Ferreira/Blog Touchdown

Quando o Brian saiu, perdemos o nosso foco. Nós sabíamos que esse jogo seria mais mental do que físico. Isso se tornou uma bola de neve e, infelizmente, não deu para recuperar.

Felipe Novaes, head coach do América Bulls

O placar não refletiu o que foi o jogo. Todos viram como a partida foi disputada e, caso não houvesse esse fato com o quarterback deles, tenho certeza de que a história teria sido diferente.

Lucas Cisneiros, head coach do Recife Mariners

Principal referência técnica do América Bulls, o quarterback Brian Gesel acabou sendo ejetado da partida. De acordo com a arbitragem, o americano, que havia completado 11 passes no jogo, teve conduta antidesportiva. Foi a partir da saída de Gesel que o time de Natal se desestruturou dentro das 100 jardas. Após a sua saída, os potiguares sofreram 20 pontos.

Foto: Haim Ferreira/Blog Touchdown
Foto: Haim Ferreira/Blog Touchdown


Veja também