18
jun

Dieta dos jogadores na Copa do Mundo

18 / jun
Publicado por Gabriela Máxima às 9:42

Esporte e alimentação saudável não podem “caminhar” separados. Afinal, a performance de um atleta está diretamente vinculada às refeições que ele consome. Em plena Copa do Mundo, o cardápio dos jogadores é um dos itens que mais exigem cuidados das delegações. No caso do Brasil, a gastronomia do país é bastante distinta em relação ao que se consome na Rússia. A nutricionista esportiva Mariana Domicio explicou que durante viagens – curtas e longas – os cuidados devem ser similares ao que as pessoas têm com refeições feitas na rua. É necessário evitar frituras, queijos, cremes e ingredientes que causam inflamação. “Geralmente há muito cuidado com a forma de manipulação dos alimentos, porque qualquer deslize pode causar desconforto, diarreia, azia. O nome científico é gastroenterite, que é uma inflamação com sintomas de náuseas e vômitos. A alimentação de um atleta precisa evitar esse tipo de consumo para não prejudicar viagens e jogos”, argumentou a nutricionista.

No lugar de uma refeição pesada, Mariana ratifica que os jogadores geralmente apostam em alimentos anti-inflamatórios, justamente para evitar qualquer tipo de desconforto. Cúrcuma, gengibre e suco de beterraba são exemplos que reúnem vários benefícios. “A beterraba é ótima para circulação, enquanto gengibre é um excelente anti-inflamatório. Além disso, a alimentação de atletas em período de competição é composta por muitas frutas (bananas e abacates são boas fontes de potássio), proteínas e carboidratos. Nesses cenários, as fibras não são interessantes”, esclareceu Domicio. A profissional ainda ressaltou que atletas de endurance – que suportam desgaste físico por muito tempo – ainda precisam tomar o intra-treino. No caso dos jogadores é o Gatorade no intervalo da partida.

Na Rússia, só na primeira fase, os brasileiros vão se deslocar para três cidades da Copa do Mundo. São elas: Rostov, onde enfrentaram a Suíça no domingo, São Petersburgo, onde vão duelar com a Costa Rica na próxima sexta-feira, e Spartak, para pegar a Sérvia no dia 27. Até essas viagens exigem cuidados com a rotina da dieta. Não pular refeições, tampouco escorregar e consumir industrializados, que são mais práticos, mas não contém nutrientes necessários.


Veja também