29
nov

Corredora sofre ataque e é abusada sexualmente durante treino

29 / nov
Publicado por Gabriela Máxima às 11:01

Em pleno 2018, as mulheres ainda sofrem e encontram obstáculos para praticar atividade física sozinha e em locais públicos. A ultramaratonista húngara Viktoria Makai estava treinando quando foi abordada de forma violenta por um homem. O rapaz bateu forte na cabeça da corredora e a abusou sexualmente. O crime aconteceu em um bairro tranquilo de Budapeste, na Hungria, onde Viktoria estava familiarizada com o local e com as pessoas que transitam na região.

Cuidado com a obsessão pela dieta perfeita

Mulher vence prova de 48h e quebra recorde masculino

6 mulheres que fazem história no esporte do Brasil

A ultramaratonista ainda revelou que muitos carros passaram perto de onde ela foi abusada, mas nenhum veículo parou para ajudá-la. Além disso, Viktoria reconheceu o estuprador. “Ele me cumprimentava todas as manhãs com um sorriso no rosto”, disse a corredora, que completou. “Eu estava correndo em uma bairro seguro, iluminado e movimentado. Eu não estava errada, mesmo assim o ataque aconteceu”, lamentou.

O marido de Viktoria foi o responsável por salvá-la do assédio. Ele achou estranho a demora para ela chegar em casa e foi buscá-la. Quando ela recebeu alta do hospital resolver fazer parte da campanha Run Away e contar sua história para que outras corredoras tomem cuidado, compartilhem experiências e a situação, de alguma forma, mude para melhor. “Eu me recuso a fechar os olhos. Histórias humanas incitam emoções humanas e inspiram ações que podem mudar o mundo”, relatou.


Veja também