01
fev

Vitamina D para quem pratica atividade física

01 / fev
Publicado por Gabriela Máxima às 13:07

A vitamina D é extremamente importante para o organismo por absorver cálcio e fósforo. Além disso, na vida de pessoas que praticam esportes, ela é essencial tanto para a performance quanto para a recuperação muscular. Um estudo divulgado no American Journal of Sports Medicine mostrou que a vitamina D no organismo estava em níveis baixos nos jogadores que tiveram fratura óssea. A substância atua na retenção e absorção do cálcio e também no desenvolvimento celular.

A carência de vitamina D pode provocar cansaço ou fadiga crônica e também há estudos que aliam a falta da substância à depressão. Uma pesquisa feita na Escola de Medicina do Texas, do UT Southwestern Medical Center, acompanhou 12 mil pessoas e revelou uma tendência maior para a depressão quem tinha um nível reduzido de vitamina D no organismo.

A sua ausência também pode enfraquecer o sistema imunológico e, por isso, favorecer o aparecimento de infecções ou, até mesmo, o enfraquecimento ósseo – causando a osteoporose.

BENEFÍCIOS DA VITAMINA D

– Força muscular;
– Aumento do consumo de oxigênio;
– Recuperação do músculo;
– Melhora do metabolismo e da perda do peso;
– Favorece a capacidade do organismo no processamento do açúcar e reduz o risco do diabetes do tipo 2;
– Auxilia na saúde cardiovascular;
– O nutriente estimula a saúde hormonal, pois ajuda na regulação da produção adequada de testosterona para os homens e estrogênio nas mulheres;
– Melhora a performance mental, pois ajuda no desenvolvimento da memória;
– Ajuda no ganho de massa muscular.

Uma das melhores formas de se obter vitamina D é por meio de uma alimentação equilibrada e saudável. Esse nutriente está presente em alimentos de origem animal, sobretudo os frutos do mar. Por isso, não pode faltar no seu cardápio: salmão cozido, ostra, sardinha ou, até mesmo, no óleo de fígado de bacalhau. O nutriente também pode ser encontrado no fígado de galinha ou no ovo cozido. Outra dica é tomar sol, pois os raios UV conseguem fazer a conversão da vitamina que é pré-formada por causa do consumo dos alimentos em forma ativa do nutriente.


Veja também