02
jul

Saiba como realizar um stiff perfeito

02 / jul
Publicado por Luana Ponsoni às 17:19

Um dos exercícios mais prescritos nos treinos de membros inferiores é o stiff. Trabalha a parte posterior da perna e glúteos, mas também ativa a região do core e mexe diretamente com a coluna vertebral. Por esse motivo, é necessário ter muita consciência corporal no momento de executá-lo. Independente de fazê-lo com a barra, halteres, nas máquinas ou unilateralmente. Sim, porque é perfeitamente possível variar os meios em que o exercício  é feito.

 

Ter a região do core fortalecida é essencial para a boa execução do stiff. Foto: Arquivo Pessoal

 

“Para executa-ló com segurança, é preciso ter alguns cuidados: como o fortalecimento do CORE (músculos estabilizadores, compostos pelo reto abdominal, assoalho pélvico e paravertebrais) e também uma boa flexibilidade da cadeia posterior (da perna), evitando, assim, compensações posturais durante a sua execução, aumentando a eficiência e a segurança do exercício”

Jaci Barbosa, personal trainer e professora de musculação da Santé Club.

DICAS PARA REALIZAR O STIFF NA BARRA

Jaci Barbosa é professora de musculação da Santé Club e personal trainer. Foto: Santé Club/Divulgação

De acordo com a profissional de Educação Física Jaci Barbosa, durante a execução do stiff, o praticante deve se certificar de que os pesos estão bem presos à barra e segurá-la na frente das pernas, de pé, com o tronco reto e o abdômen contraído. As pernas devem ficar distantes uma da outra em medida equivalente à distância dos ombros. Deve-se flexionar levemente os joelhos e então proceder ao movimento de tirar a barra do chão com o braços estendidos e, na sequência, flexionar o tronco levando a barra novamente em direção ao solo, sem, no entanto, tocar as anilhas no chão.

“É de imperativa importância a orientação do professor de Educação Física, tanto na execução, quanto em que momento deve-se prescrever o stiff no seu treino”, alertou Jaci.


Veja também