01
out

Estudo reforça relação entre sedentarismo e câncer de mama

01 / out
Publicado por Luana Ponsoni às 17:00

Sedentarismo e hábitos de vida inadequados, como consumo de álcool em excesso e tabagismo, colaboram para aumento de casos de câncer de mama. Foto: Divulgação

Com a chegada do mês de outubro, começam também as inúmeras campanhas e ações cujo objetivo é informar à população, sobretudo a feminina, do papel da prevenção na redução dos casos de câncer de mama. Estudo recente realizado por pesquisadores da Universidade Federal de Goiás, em parceria com a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), voltou a destacar a importância da prática de exercícios físicos para evitar a doença. Este ano foram estimados 59.700 novos casos só no Brasil,  segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca).

O estudo analisou 542 brasileiras, sendo 197 diagnosticadas com câncer de mama e 344 saudáveis. As  pesquisas apontaram que as participantes com a doença, independente se estavam menstruando ou na pós-menopausa, eram em sua maioria sedentárias. Ou seja, não praticavam atividade física regular no momento de lazer.

Essas mesmas mulheres também tinham outros comportamentos que iam contra uma rotina saudável. Consumiam mais cigarros e bebidas alcoólicas que as sem o diagnóstico. O estudo mostrou ainda que, na pré-menopausa, a adiposidade abdominal elevada, ou seja, uma circunferência da cintura maior que 88 centímetros, triplica o risco de surgimento do câncer de mama.

“Isso mostra que precisamos ajudar as mulheres brasileiras a melhorarem sua qualidade de vida, incluindo no seu dia a dia hábitos saudáveis”

Dr Ruffo de Freitas Junior, coordenador da pesquisa e presidente do Conselho Deliberativo da SBM

DICAS PARA UMA ROTINA SAUDÁVEL:

-Alimente-se bem e não fique muito tempo sem comer, ou seja, prefira comer de três em três horas, em pequenas quantidades, sempre priorizando os alimentos naturais e evitando os alimentos industrializados.

-Evite o excesso de gorduras e carboidratos simples, como açúcar adicionado aos alimentos, doces, sucos de caixinha ou saquinho, refrigerantes, pão branco, macarrão, sempre preferindo as opções integrais.

-Procure ingerir proteínas de boa qualidade, principalmente frutas, legumes e verduras por serem fontes de vitaminas e minerais essenciais e ricas em fibras que ajudam na saciedade e no funcionamento adequado do intestino.

-Faça exercícios físicos durante a semana. O ideal são 150 minutos, com intensidade moderada, divididos entre os cinco dias ou 75 minutos de exercícios vigorosos, divididos entre os cinco dias.

-Planeje o seu dia alimentar e tente segui-lo.


Veja também