Covid-19

"Não mando áudio, nem sei como faz isso", diz Mandetta sobre fake news espalhada no WhatsApp

No áudio que está circulando no WhatsApp, um homem fala sobre a previsão da propagação do coronavírus no Brasil

Felipe Amorim
Felipe Amorim
Publicado em 22/03/2020 às 19:23
Notícia
ISAC NÓBREGA/PR
Luiz Henrique Mandetta é o ministro da Saúde, ainda - FOTO: ISAC NÓBREGA/PR
Leitura:

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, desmentiu, neste domingo (22), um áudio que circula no WhatsApp atribuído a ele sobre como a população deveria se comportar a partir de agora para combater o avanço do novo coronavírus no Brasil.

"Eu não gravo absolutamente nada de áudio, nem sei como faz isso. Nem para a minha esposa eu mando áudio", disse o ministro, que completou: "Eu nem viria hoje, aqui, para esta coletiva. Mas tive que vir para desmentir esse áudio. E olhe que não parece com minha voz, eu não achei parecida, nem a minha mãe achou".

No áudio que está circulando no WhatsApp, um homem fala sobre a previsão da propagação do coronavírus no Brasil e comenta sobre o isolamento social.

Para Mandetta, quem criou o áudio é um "doente". "Tudo o que eu falar vai ser dito claramente sempre à frente das câmeras. Os doentios da fake news gostam de se travestir da autoridade de alguém para causar comoções, passar trotes, assustar as pessoas", disse.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

 

Confira o mapa de casos

 

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

 

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias