TRÁFICO

Carga de drogas avaliada em mais de R$1,6 milhão que viria para o Recife é apreendida em Minas Gerais

O caminhoneiro informou que receberia R$ 2 mil para transportar a droga

JC
JC
Publicado em 16/10/2020 às 16:10
Notícia

Divulgação/PRF-MG
O carregamento saiu da cidade de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul - FOTO: Divulgação/PRF-MG
Leitura:

Uma carga com mais de 1.600 kg de maconha e 51 kg de skunk, que tinha como destino final a cidade do Recife, foi apreendida nessa quinta-feira (15). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a interceptação da carga na cidade de Prata, em Minas Gerais.

Avaliada em mais de R$ 1,6 milhão, a droga estava dividida em aproximadamente duas mil barras de maconha prensada, cerca de cem sacos de skunk e um pacote de dois quilos com sementes de Cannabis. O material estava escondido em caixas de papelão dentro do baú de uma carreta que foi abordada pela PRF. Na cabine do veículo também foram encontradas 48 garrafas de whisky com origem possivelmente do Paraguai.

Ao ser abordado, o condutor do veículo, de 30 anos, natural de Natal, no Rio Grande do Norte, apresentou aos policiais uma nota fiscal relativa a transporte de 2.820 quilos de aveia branca. Com o descobrimento da droga, o caminhoneiro informou aos policiais que receberia R$ 2 mil para transportar a droga de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, até o Recife.


O motorista contou que saiu do Recife e foi para Guarulhos, São Paulo, para atrelar a carreta. De lá, o caminhoneiro foi até Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, onde a droga foi carregada. O objetivo era retornar com o carregamento para a capital de Pernambuco.

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias