Polícia

Operação Residence desarticula traficantes de drogas na Paraíba

De acordo com a PF, 38 mandados de prisão preventiva e 23 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos, bem como ordens judiciais de bloqueio de valores depositados em contas correntes

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 03/12/2020 às 11:18
Notícia
REUTERS/Sergio Moraes
Carro da PF durante operação no Rio de Janeiro 28/07/2015 REUTERS/Sergio Moraes - FOTO: REUTERS/Sergio Moraes
Leitura:

Polícia Federal (PF) e Polícia Militar da Paraíba deflagraram hoje (3) a Operação Residence, visando a desarticulação de um grupo de traficantes que atuam dentro e fora de presídios.

De acordo com a PF, 38 mandados de prisão preventiva e 23 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos, bem como ordens judiciais de bloqueio de valores depositados em contas correntes, a pedido do Juízo de Direito da Vara de Entorpecentes da Comarca de João Pessoa (PB).

Cerca de 260 policiais participam das ações deflagradas nos estados da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraná, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Roraima.

Segundo os agentes, as apurações tiveram início na "análise dos elementos de prova colhidos durante a investigação do grupo criminoso que utilizava um quarto na Residência Universitária da Universidade Federal da Paraíba como base de armazenamento e distribuição de drogas para a Paraíba e estados vizinhos".

A partir da investigação foi possível identificar "toda a estrutura criminosa do grupo no estado", segundo informou a PF. Os investigadores identificaram "uma grande rede formada para cometer crimes e revelou o plano de expansão de tal facção criminosa, mediante a realização de disputas violentas com grupo rival por pontos de comércio de entorpecentes, objetivando um domínio territorial para fins de monopolizar o tráfico de drogas na Paraíba".

Últimas notícias