VIAGEM

Brasileiros vacinados contra covid-19 podem entrar na França

Podem entrar no país europeu pessoas vindas países pertencentes a 'lista vermelha' desde que esteja vacinados com imunizantes reconhecidos pela Agência Europeia de Medicamentos

Vanessa Moura
Vanessa Moura
Publicado em 19/07/2021 às 10:56
Notícia
NE10
Vacina contra a covid-19 - FOTO: NE10
Leitura:

Nesse sábado (17) a França fez um novo afrouxamento em suas regras de entrada de turistas, permitindo que pessoas vindas de países pertencentes a 'lista vermelha', como o Brasil, entrem no país europeu desde que comprovem estar vacinados com imunizantes reconhecidos pela Agência Europeia de Medicamentos.

 

Agora, os turistas brasileiros que queiram entrar na França não vão mais precisar cumprir quarentena obrigatória ou apresentar exame PCR negativo, conforme as regras antigas.

Dentre os imunizantes utilizados no Brasil, são reconhecidos pela agência reguladora os imunizantes da Pfizer, AstraZeneca, Moderna e Janssen. A Coronavac, no entanto, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, ainda não foi liberada. 

Imunizados com a Janssen precisam aguardar 28 dias após a vacinação antes de viajar para França, enquanto imunizados com as outras vacinas precisam aguardam apenas sete dias.

"Notícia extraordinária do dia: não precisa mais de motivos imperiosos para os vacinados viajando do Brasil para a França!!!", escreveu Caroline Putnoki, diretora da Agência de Desenvolvimento Turístico da França.

 Suiça

Na Suiça, desde junho os brasileiros vacinados já podem entrar. O país europeu reconhece todas as vacinas aplicadas no Brasil, incluindo a Coronavac.

Viagem Estadão

18 de julho de 2021 | 21h21

 

Por Nathalia Molina*

França está aberta para brasileiros vacinados completamente com imunizantes aprovados pela Agência Europeia de Medicamentos (European Medicines Agency – EMA). Entre as vacinas aplicadas no Brasil, a Coronavac ainda está sendo analisada pelo órgão europeu. Os viajantes daqui autorizados a fazer turismo por lá não precisam cumprir quarentena tampouco apresentar exame PCR negativo, conforme informação do site do governo francês. Quem recebeu o imunizante da Janssen precisa aguardar 28 dias antes da viagem para a França. No caso das outras vacinas aceitas, a espera exigida é de sete dias.

França libera entrada de brasileiros 100% vacinados – Foto: Maurice Subervie/Atout France

 

No fim de junho, a Suíça já havia liberado a entrada de brasileiros vacinados. Nesse caso, valem todas as vacinas aplicadas no Brasil, já que o país aceita os imunizantes aprovados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o que inclui a Coronavac. A agência da Europa já aprovou: Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen. O órgão começou em maio a analisar o imunizante da Sinovac, fabricante da Coronavac, e ainda não divulgou seu parecer.

 
PUBLICIDADE

Dúvida sobre a vacina AstraZeneca/Covishield

O decreto assinado pelo primeiro-ministro francês, Jean Castex, a pedido do ministro do Turismo, Jean-Baptiste Lemoyne, permite que viajantes de qualquer país entrem na França, desde que estejam 100% imunizados com vacinas aprovadas pela EMA. Como a notícia foi divulgada no meio do fim de semana, algumas dúvidas ainda devem ser esclarecidas nos próximos dias.

O governo da França não especificou na divulgação se serão aceitos turistas imunizados com a AstraZeneca/Covishield, fabricada pelo laboratório indiano Serum Institute. A EMA não aprovou essa vacina para ser incluída no Green Pass da União Europeia, passaporte de vacina do bloco europeu. A agência é responsável por regular o que afeta a saúde dos cidadãos dos países-membros. Cabe ao órgão analisar os pedidos de medicamentos aceitos pela União Europeia como um todo.

Comentários

Últimas notícias