TRABALHO

Governo do Amazonas fará concurso com mais de 2,5 mil vagas. A maioria para a Polícia Militar com salários de até R$7.180

Concurso foi anunciado após ação do Ministério Público amazonense que pede redução no número de cargos comissionados e aumento de efetivos no estado

Edilson Vieira
Edilson Vieira
Publicado em 19/07/2021 às 16:14
Notícia
Divulgação/PM-AM
Polícia Militar do Amazonas não realiza concurso há 10 anos - FOTO: Divulgação/PM-AM
Leitura:

O governador do Amazonas, Wilson Lima, assinou, nesta segunda-feira (19) portaria que instituiu a criação das comissões de concurso público para 2.525 vagas nos cinco órgãos que compõem o sistema de segurança do estado. O governo do Amazona divulgou que o concurso vai reparar a defasagem de efetivo nas forças de segurança do estado, gerando empregos diretos nas polícias Militar e Civil, Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Corpo de Bombeiros e Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM).

O concurso foi anunciado depois que o Ministério Público do Amazonas (MP-AM) constatou que há carência de servidores efetivos em alguns órgãos e excesso de cargos comissionados em relação a funcionários concursados. O MP-PE ajuizou uma ação civil pública solicitando que o governo amazonense realizasse concurso público em sete órgãos: Defensoria Pública; Corpo de Bombeiros; Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas; Fundação de Amparo à Pesquisa; Secretaria de Estado da Produção Rural; Imprensa Oficial do Estado ;Instituto de Pesos e Medidas do Estado.

CONCURSO

O governado Wilson Lima anunciou a realização do concurso inicialmente para as áreas de segurança. “Hoje nós estamos assinando a criação dessas comissões para tratar do concurso público que vai gerar 2.500 empregos diretos. É um resgate histórico que nós estamos fazendo, que há muito que as nossas forças de segurança, tanto Polícia Militar, quanto Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Detran, estão com o seu quadro defasado. Isso acaba provocando uma sobrecarga para as nossas forças de segurança”, ressaltou Wilson Lima.

Segundo o governo do Amazonas, a maioria dos órgãos da segurança não tinha certames para contratação de novos servidores há mais de uma década. É o caso da Polícia Militar, que teve o último concurso em 2011; da Polícia Civil, com o último certame realizado em 2009. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) terá o segundo concurso público da história do órgão. No primeiro, realizado em 1995, os aprovados não foram convocados. A expectativa é que o concurso seja realizado ainda este ano. 

VAGAS

Serão 1.350 vagas para a Polícia Militar; 453 para o Corpo de Bombeiros; 362 para a Polícia Civil; 210 para o Detran-AM; e 150 vagas para a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

Para a Polícia Militar, são 1.000 vagas para aluno soldado e 350 vagas para aluno oficial, com remuneração que varia de R$ de 2.657,28 a R$ 7.180,34. Para o Corpo de Bombeiros estão destinadas 400 vagas para aluno soldado e outras 53 para aluno oficial, com pagamentos que vão de R$ de 2.657,28 a R$ 7.180,34.

Já para a Polícia Civil serão abertas 62 vagas para delegado, 62 vagas para escrivão, 200 vagas para investigador e 38 vagas para perito. As remunerações variam entre R$ 11.281,26 e R$ 20.449,05. No caso do Detran-AM, são 150 vagas para nível Superior e 60 vagas para nível Médio, com salários de R$ de 2.300 a R$ 5.500.

A SSP-AM terá 140 vagas para assistente operacional e outras 10 vagas para técnico de nível Superior. Os pagamentos vão de R$ de 1.350,19 a R$ 2.764,68.

 

Comentários

Últimas notícias