FLEXIBILIZAÇÃO

Prefeitura de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, retira obrigatoriedade do uso de máscara

Não se aplica à pessoa que se encontre infectada ou com suspeita de estar contaminada com o novo coronavírus

Agência Brasil
Cadastrado por
Agência Brasil
Publicado em 05/10/2021 às 22:05
RICARDO WOLFFENBUTTEL/GOVERNO DE SC
Dois anos após o surgimento da pandemia, a Europa poderá entrar em breve "em um longo período de tranquilidade", disse Hans Kluge, diretor para a Europa da OMS. - FOTO: RICARDO WOLFFENBUTTEL/GOVERNO DE SC
Leitura:

O uso de máscaras, em locais abertos ou fechados, foi desobrigado no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A flexibilização faz parte de decreto publicado nesta terça-feira (5) pelo prefeito Washington Reis. Segundo informações da prefeitura, o município tem 46,8% da população totalmente imunizada.

Segundo o decreto, "fica desobrigado o uso de máscara facial no período da pandemia do covid-19, em local aberto ou fechado, em todo o território do município de Duque de Caxias". Este caso não se aplica à pessoa que se encontre infectada ou com suspeita de estar contaminada com o novo coronavírus durante o período de transmissão.

 

Atualmente, segundo a prefeitura, Duque de Caxias já aplicou mais de 900 mil doses da vacina contra a covid-19. O número de aplicações de primeira dose ultrapassou a marca de 70% da população-alvo e a segunda dose atingiu 46,8% dos moradores do município.

Na capital do estado, a flexibilização do uso de máscaras começará no próximo dia 15, com a dispensa em locais abertos e sem aglomeração, quando se estima esquema completo de vacinação em 65% da população. A liberação praticamente completa da máscara na capital só deverá acontecer em 15 de novembro, quando 75% da população já estiver vacinada.

Últimas notícias