PANDEMIA

Brasil atinge 104,3 milhões de pessoas totalmente imunizadas contra a covid-19

Isso corresponde a 48,92% de toda a população que pode ser vacinada no Brasil. A imunização está provocando a diminuição dos casos confirmados e também dos óbitos

Estadão Conteúdo Angela Fernanda Belfort
Estadão Conteúdo
Angela Fernanda Belfort
Publicado em 17/10/2021 às 21:38
Notícia
Hélia Scheppa/Arquivo/SEI
A foto mostra mais um lote da vacina da Pfizer que chegou a Pernambuco - FOTO: Hélia Scheppa/Arquivo/SEI
Leitura:
O Brasil atingiu a marca de 48,92% da população totalmente imunizada contra a covid-19. Em números, significa que 104.352.811 receberam as duas doses ou o imunizante de aplicação única. O número de habitantes parcialmente imunizados, ou seja, com ao menos uma dose das vacinas disponíveis é de 151.498.935, correspondendo a 71,02% da população. No entanto, o processo de imunização só é completo depois das duas doses na quase totalidade das marcas de imunizantes que estão sendo usadas no País. A única exceção é a vacina da Janssen que é aplicada numa dose única. 
Nas últimas 24 horas, foram registradas 620.294 aplicações. As primeiras doses foram aplicadas em 122,6 mil pessoas. Já 337,9 receberam a 2ª aplicação da vacina.
Os imunizantes de dose única foram aplicados em 9,2 mil pessoas. Já as doses de reforço foram administradas em 150,4 mil habitantes, com total de 4,2 milhões de doses aplicadas.Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, em parceria com 27 secretarias de Saúde.
Além de diminuir as complicações provocadas pelo novo coronavírus, a vacinação completa também provoca uma queda na transmissão do vírus que provoca a covid-19.  

Últimas notícias