FLEXIBILIZAÇÃO

Uso de máscara em locais abertos deixa de ser obrigatório no Rio

Desde setembro, a prefeitura do Rio exige um comprovante de vacinação para acesso a alguns lugares

AFP
AFP
Publicado em 27/10/2021 às 23:14
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Apressar o processo de emagrecimento ou hipertrofia no Projeto Verão pode ser perigoso - FOTO: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Leitura:

O uso de máscara em locais abertos não será mais obrigatório no estado do Rio de Janeiro a partir desta quinta-feira (28), devido ao avanço da vacinação contra a covid-19, anunciou o governador Claudio Castro.

"Vamos flexibilizar o uso de máscaras em espaços abertos, e isso é motivo de celebração. Mais de um ano e meio após o decreto de calamidade pública em função da pandemia, esta medida representa uma importante vitória para todos", publicou Castro em sua conta no Twitter.

"A máscara só será obrigatória em locais públicos com ambientes fechados, graças ao avanço da vacinação e também pelo baixo índice de transmissão em todo o Rio de Janeiro", acrescentou o governador.

Na capital, de 6,7 milhões de habitantes, será permitida a reabertura de casas noturnas e de show com 50% de sua capacidade.

Desde setembro, a prefeitura do Rio exige um comprovante de vacinação para a entrada em alguns lugares, como pontos turísticos, academias e cinemas, mas não em bares e restaurantes.

Mais de 68.000 pessoas morreram de covid no estado do Rio de Janeiro, que apresenta uma taxa de mortalidade de 394 a cada 100.000 habitantes, superior à média nacional, de 288. O número diário de mortos despencou nas últimas semanas devido ao avanço da imunização no estado, de 17,4 milhões de habitantes. Mais de 65% das pessoas estão totalmente vacinadas na cidade do Rio.

 

 

 

Últimas notícias