Premiação

Comprova e Consórcio de Veículos de Imprensa recebem Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa

Em 2021, a premiação reconheceu a importância da cooperação entre as empresas jornalísticas durante a pandemia de covid-19 e no combate à desinformação

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 01/12/2021 às 11:59
Reprodução/YouTube
Cerimônia de premiação aconteceu nesta quarta-feira (1º) - FOTO: Reprodução/YouTube
Leitura:

O Projeto Comprova, do qual o Jornal do Commercio e mais 32 veículos de comunicação fazem parte, recebeu nesta quarta-feira (1º), da Associação Nacional de Jornais (ANJ), o Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa de 2021. Neste ano, a premiação reconheceu a importância da cooperação entre as empresas jornalísticas durante a pandemia de covid-19 e no combate à desinformação. Por isso, o prêmio foi dividido entre o Comprova e o Consórcio de Veículos de Imprensa.

Por causa da pandemia, apenas representantes da ANJ e dos premiados estiveram presencialmente no encontro.

O Projeto Comprova realiza trabalho de checagem de fatos como forma de combater a desinformação. Reúne dezenas de jornalistas de mais de 30 veículos de todo o País e tem sido fundamental no esclarecimento das informações a respeito da pandemia no Brasil.

Já o Consórcio de Veículos de Imprensa foi criado como uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19. Os veículos G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL decidiram formar uma parceria e trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal.

De São Paulo, participaram do evento Francisco Mesquita Neto, vice-presidente da ANJ, responsável pelo Comitê de Liberdade de Imprensa, que fez a entrega do prêmio, além de Flávia Faria, da Folha de S.Paulo, representando o Consórcio de Veículos de Imprensa, e Sérgio Lüdtke, diretor do Projeto Comprova.

Jornalismo é ‘antídoto contra a manipulação dos fatos’

O presidente da ANJ, Marcelo Rech, falou por vídeo no início da cerimônia, por estar no exterior. O diretor executivo da associação, Ricardo Pedreira, foi o mestre de cerimônias.

Para Marcelo Rech, presidente da ANJ, a premiação é um reconhecimento ao jornalismo profissional como atividade em favor do bem comum: “Ao dividirmos o prêmio entre o Comprova e o Consórcio, estamos destacando para o país que as empresas jornalísticas e seus profissionais vêm cumprindo com grande eficiência a missão de trazer a público o que interessa aos cidadãos. Num momento de tanta desinformação, o jornalismo ganha relevância como antídoto contra a manipulação dos fatos com objetivos autoritários e obscurantistas”.

Comentários

Últimas notícias