emergência

Rui Costa e Bolsonaro sobrevoam áreas afetadas pelas chuvas na Bahia

Em comitivas diferentes, governador do estado e presidente acompanharam ações na região

Do jornal Correio para a Rede Nordeste
Cadastrado por
Do jornal Correio para a Rede Nordeste
Publicado em 12/12/2021 às 14:32 | Atualizado em 12/12/2021 às 14:37
REPRODUÇÃO DE VÍDEO E SECOM
Rui Costa e Bolsonaro sobrevoaram região afetada neste domingo (12) - FOTO: REPRODUÇÃO DE VÍDEO E SECOM
Leitura:

Autoridades estaduais e federais visitaram as áreas atingidas pelas enchentes no Extremo Sul da Bahia, na manhã deste domingo, em duas diferentes comitivas. Aproximadamente 70 mil pessoas já foram atingidas, e 3,7 mil ficaram desabrigadas, segundo o Corpo de Bombeiros. A matéria é do jornal Correio.

O governador Rui Costa sobrevoou e visitou as áreas atingidas pelas chuvas no interior da Bahia, acompanhado de sua equipe. O presidente Jair Bolsonaro também fez um sobrevoo na região, ao lado de ministros.

Rui estava acompanhado também do senador Jaques Wagner e do secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcanti. O roteiro do governador incluía os municípios de Jucuruçu, Itamaraju, Medeiros Neto, Teixeira de Freitas e Prado. Segundo a Secretaria da Comunicação do Estado, o objetivo da visita era fazer um diagnóstico dos prejuízos causados pelos temporais e traçar um plano de apoio à reconstrução das cidades.

Desde a última quarta-feira (8), uma força-tarefa formada pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) e pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec) tem atuado no socorro e assistência aos moradores das regiões alagadas. De acordo com a Secom, a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) e outras instituições do governo estadual fazem levantamentos e tomam as providências possíveis para a recuperação de estradas, pontes e outras estruturas danificadas.

Já o presidente Jair Bolsonaro estava com os ministros do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, da Cidadania, João Roma e da Saúde, Marcelo Queiroga. O governo federal autorizou que tropas do Exército Brasileiro atuem no resgate e na realocação de pessoas desabrigadas. Equipes da Defesa Civil federal também estão estão nas regiões afetadas do estado.

Comentários

Últimas notícias