pesquisa

Água dos chuveirões da orla de Boa Viagem tem alto nível de contaminação

A pesquisa feita por estudantes da UFPE e UFRPE mostrou que o uso dessa água é prejudicial à saúde

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 11/11/2014 às 17:07
Foto: Divulgação/UFPE
A pesquisa feita por estudantes da UFPE e UFRPE mostrou que o uso dessa água é prejudicial à saúde - FOTO: Foto: Divulgação/UFPE
Leitura:

Estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) realizaram um estudo sobre o nível de contaminação da água utilizada nos chuveirões da praia de Boa Viagem. A pesquisa mostrou que a água tem um nível de contaminação muito acima do considerado normal.

A água desses chuveiros é usada pelos banhistas e também para cozinhar e lavar os pratos, copos e talheres dos barraqueiros. Segundo a pesquisa, a maior parte dos chuveirões possui níveis de contaminação acima do indicado pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).


Foto: Divulgação

A pesquisa “Diagnóstico da qualidade das águas dos chuveirões da praia de Boa Viagem-Recife/PE” foi apresentada no 54º Congresso Brasileiro de Química, realizado em Natal, no Rio Grande do Norte. O resultado foi encontrado por Luísa Almeida e Renata Silva, dos cursos de Farmácia e Química Industrial da UFPE, respectivamente, e Ana Lúcia Assunção, do curso de Licenciatura em Química da UFRPE, orientadas pela professora Silvana Calado, do Departamento de Engenharia Química da UFPE.

As alunas foram dos dias 18 a 21 de abril na praia de Boa Viagem. Elas identificaram os poços perfurados ao longo da orla e, por meio de um questionário aplicado aos barraqueiros, identificaram 78 chuveirões ao longo da praia. Os comerciantes são responsáveis pela instalação das bombas.

Amostras de 10 pontos foram coletadas no dia 4 de maio, utilizando critérios de profundidade dos poços (5 a 8 metros) e tempo de funcionamento (9 a 30 anos). As amostras, duas de cada chuveiro, foram submetidas a uma análise microbiológica e físico-química.

As bombas usadas para abastecer os chuveirões estão em condições precárias e a qualidade da água bombeada não é fiscalizada, de acordo com os barraqueiros.

A professora Silvana Calado também explicou que a água contaminada pode atravessar a areia da praia e contaminar o lençol freático. No local, as pessoas também aproveitam os chuveirões para urinar e as tubulações de esgotos são despejadas na área. Isso cria um ciclo, contaminando mais e mais os poços.

O grupo pretende analisar, futuramente, se essa água chega a contaminar os poços dos prédios da orla de Boa Viagem.

Últimas notícias